Rádio Voz do Maranhão

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Secretaria de Educação de São Luís busca parceria pela segurança pública nas escolas da rede municipal

O secretário municipal de Educação, Allan Kardec Barros Duailibe Filho, atendendo determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, esteve reunido na manhã de hoje (7) com o secretário estadual de Segurança Pública, Aluízio Mendes. O objetivo do encontro é garantir maior segurança nas localidades próximas às unidades de Educação Básica.

Durante a reunião, o titular da pasta de Segurança Pública do Estado se comprometeu em intensificar as rondas policiais nas proximidades das 20 escolas da rede municipal de ensino onde houve reincidência de roubos e ataques de vandalismo nos últimos meses. Outra providência acordada foi a realização de um único inquérito que investigará essas ações criminosas em escolas da rede municipal de ensino.

“Essa parceria que firmamos foi de grande relevância, já que a partir de hoje as rondas policiais serão intensificadas em localidades próximas às escolas. Enquanto isso estamos viabilizando os contratos emergenciais para sanar o mais breve possível a questão da segurança nas unidades de ensino. Além disso, também já estamos iniciando o processo de licitação que tem a mesma finalidade”, destacou Allan Kardec.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Aluízio Mendes, declarou que a parceria com a Secretaria Municipal de Educação deve ser ampliada em prol da segurança pública na capital. “Poderemos realizar outras parcerias que incluam políticas públicas voltadas para a segurança pública. Um exemplo é o videomonitoramento de escolas que poderá ser incluído no nosso sistema”, disse.

Na reunião que aconteceu às 10h na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública estiveram presentes também a delegada geral da Polícia Civil, Maria Cristina Resende, e o superintende da Área de Segurança da Secretaria Municipal de Educação, Carlos Eduardo Pacheco.

HISTÓRICO – Nos últimos três meses, em 20 unidades de Educação Básica houve algum tipo de ação criminosa que resultou em prejuízos para as crianças da rede municipal de ensino e profissionais da Educação. Nesse final de semana, outras sete escolas tiveram a sede invadida. São elas:

U.E.B. Cidade Olímpica;

U.E.B. Mata Roma;

U.E.B. Nascimento de Moraes;

U.E.B. Santa Clara;

U.E.B. Roseno de Jesus Mendes;

U.E.B. Rosa Mochel;

U.E.B. Bernardina Spíndola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário