Rádio Voz do Maranhão

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Assassinos do policial civil Henrique Garcia, morto a tiros na tarde deste sábado, continuam foragidos

Henrique Garcia foi ferido durante uma discussão no trânsito, no bairro do Maiobão.


Imagem da página de Henrique Garcia no Facebook
A polícia continua sem pistas dos executores do policial civil Henrique Garcia Lopes, de 30 anos, assassinado depois de uma discussão com dois ocupantes de uma moto, no Conjunto Maiobão, em Paço do Lumiar. O crime foi praticado por volta das 13h, na Avenida Principal.  Henrique residia em São Luís, no Bairro Cohatrac, e estava na polícia civil havia dois anos.

Segundo informações da polícia, Henrique Garcia dirigia um veículo Corsa Classic em companhia de sua noiva, na Avenida Principal do Maiobão. Ele teria tentado se desviar de um buraco, e quase atingiu dois homens que estavam em uma motocicleta. Por causa do incidente, houve uma discussão, que resultou em troca de tiros, um dos disparos atingiu o policial no peito esquerdo, atingindo o coração. Após o acontecido, Henrique ainda foi levado para a Unidade Mista do Maiobão, mas já chegou sem vida.

De acordo com testemunhas, os dois homens que estavam na moto trajavam camisas amarelo e azul. E há suspeita de que eles teriam cometido um assalto a um comércio localizado no bairro do Cohatrac.

A investigação do crime está sob a responsabilidade das delegacias de Homicídios e de Roubos e Furtos (DRF). Equipes das superintendências de Polícia Civil da Capital (SPCC), do Interior (SPCI) e Estadual de Investigações Criminais (Seic) estão nas ruas na tentativa de localizar os autores do homicídio.

A delegada geral, Maria Cristina Resende lamentou o crime, e disse se solidarizar com os familiares e companheiros de profissão do investigador, que atualmente estava trabalhando na Delegacia de São João Batista, e pertencia aos quadros da Polícia Judiciária do Maranhão.

O corpo de Henrique Garcia está sendo velado na Pax União. O enterro deverá ocorrer na manhã deste domingo (17).

Com informações do Imirante

Um comentário:

  1. Gostaria que fizessem uma correção,o Henrique estava passando por esta rua na mão dele, e deu de cara com os assaltantes que estavam em fuga na contra mão. Os indivíduos desceram da moto e o agrediram verbalmente,a principio. Obrigada.

    ResponderExcluir