Rádio Voz do Maranhão

terça-feira, 4 de junho de 2013

Prefeito reúne-se com lideranças da Cidade Operária e Cidade Olímpica

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior reuniu-se com lideranças comunitárias de pelo menos 10 bairros da região da Cidade Operária, nesta terça-feira (04), no auditório Reis Perdigão, no Palácio La Ravardière.

Durante a conversa, que durou uma hora e meia, o prefeito ouviu o relato dos problemas enfrentados pela população da região e anunciou que nos próximos dias será iniciado o recapeamento dos bairros Cidade Operária, Cidade Olímpica, Jeniparana, Santa Clara, Vila Apaco e Vila Janaína, além da construção de duas creches no Jardim América e uma na Cidade Operária, com previsão de serem inauguradas ainda este ano.

O prefeito recebeu as lideranças acompanhado pelos secretários Rodrigo Marques (Governo) e Márcio Jerry (Comunicação). “Este é o primeiro encontro nosso, mas estarei sempre presente nos bairros. Assim fui como vereador e como deputado federal. Entendo que o prefeito deve estar ao lado da população. Quando os problemas me prendem no gabinete, percebo o quanto me faz falta o contato com a comunidade”, comentou Edivaldo Holanda Júnior.

O prefeito recebeu um documento contendo levantamento de problemas e demandas dos bairros Cidade Operária, Cidade Olímpica, Vila Nestor, Vila Apaco, Habitacional Nice Lobão, Residencial Alexandra Tavares, Residencial Zé Reinaldo Tavares, Santa Efigênia e Jardim América.

Transporte

Edivaldo Holanda Júnior informou ainda que um estudo sobre o funcionamento do sistema de transporte público de São Luís está em curso na Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT) para apontar problemas que contribuem para a desorganização do serviço, como a sobreposição de linhas.

“Logo que tivermos em mãos o estudo que permita fazer a racionalização do sistema, vamos partir para o processo licitatório das empresas”, explicou.

A primeira audiência pública para discutir a licitação deve acontecer nos próximos dias. Pela previsão do prefeito até o início do próximo ano a prefeitura terá concluído o processo licitatório do transporte público. “Nas cidades que realizaram o processo licitatório a melhoria do transporte foi percebida pela população”, afirmou o prefeito.

Problemas

Além da melhoria do transporte na região, as lideranças comunitárias apontaram problemas enfrentados na educação fundamental. Em relação à saúde, os moradores sugeriram a abertura de unidades de atendimento de urgência e emergência para desafogar o Socorrão II para onde convergem todas as demandas. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior encaminhará às secretarias responsáveis pelos setores referidos as demandas.

No entendimento de Edney da Conceição Benedito, instrutor educacional da Cidade Operária, o encontro com o prefeito inaugura uma nova fase na gestão pública em São Luís. “Foi um momento histórico este encontro com o prefeito. Acredito que em nenhum outro momento da história da administração municipal um prefeito se sentou para ouvir a comunidade”, elogiou Edney.

Na reunião com o chefe do Executivo municipal, Edney da Conceição chamou atenção para os problemas do consumo de drogas entre a juventude dos bairros da região, principalmente na Unidade 105, onde uma antiga quadra é utilizada por usuários.

O jornalista Ciro Nolasco ressaltou que o documento entregue ao prefeito além das reivindicações sobre infraestrutura, educação, saúde e espaços de lazer também manifesta apoio ao atual gestor. “Entregamos um dossiê sobre a Cidade Operária e todos os bairros do seu entorno. Agora estamos efetivamente criando um momento de defesa da região”, disse Nolasco. Segundo ele, no próximo dia 14 as entidades de defesa das comunidades deverão se reunir para debater os problemas e apontar soluções que devem ser encaminhadas à Prefeitura. A reunião será na Associação de Moradores da Cidade Operária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário