São João 2019

São João 2019

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Policial civil mata PM durante troca de tiros em casa de shows do DF; veja vídeo

Nas imagens é possível ver o momento em que o PM passa pelo policial e eles se esbarram. Os dois sacam as armas e o militar é atingido por três disparos e cai no chão
O policial civil Péricles Marcos Junior, lotado na 14ª Delegacia de Polícia, de Gama, matou o 1º tenente da Policia Militar, Herison de Oliveira Bezerra, e baleou uma mulher, na madrugada desta segunda-feira (15), na casa de shows Barril 66, em Águas Claras, no Distrito Federal.

Nas imagens do circuito interno de segurança do local é possível ver o momento em que o PM passa pelo policial e eles se esbarram. Em seguida, os dois sacam as armas e o militar é atingido por três disparos e cai no chão.

Segundo a polícia, que foi chamada pelo 190, o crime aconteceu por volta 3h da manhã e a polícia ainda apura o que pode ter acontecido.

Antes de chegar ao local, os policiais ouviram tiros. Na casa de shows encontraram o PM baleado com três tiros no tórax. Ele chegou a ser levado para o Hospital Regional de Taguatinga, mas não resistiu e morreu no local. O tenente trabalhava no 10º Batalhão da PMDF, em Ceilândia.

Já a mulher levou um tiro na perna e foi levada para o Hospital de Base, mas segundo familiares, não corre risco.

O estabelecimento tem capacidade para 1.500 pessoas. Segundo o gerente, o local estava lotado e todos saíram correndo após os tiros. O prejuízo foi estimado em R$ 26 mil.

Até a publicação desta reportagem, o autor dos disparos prestava depoimento na Corregedoria da Polícia Civil.

Detalhes da ocorrência

Ocorrência SGO 20191716632 - Policial ferido por arma de fogo: Às 03h10 do dia 15/04/2019, no Barril 66, SH Arniqueiras, Águas Claras-DF. Chegou ao conhecimento do Copom, por meio do 190, que um policial militar havia sido baleado. A VTR 3763, CMT SGT Souza Martins, 17º BPM, estava nas proximidades no momento, chegando rapidamente ao local ao ouvir os disparos, onde se deparou com um policial civil, Péricles Marcos Junior, se apresentando como o autor de disparos realizados contra a pessoa do 1º TEN Herison de Oliveira Bezerra (10º BPM), que sofreu três disparos no tórax, e uma mulher que sofreu um disparo na perna. O citado oficial veio a óbito no HRT, por volta das 04h, e a mulher foi conduzida ao Hospital de Base.

Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...