Rádio Voz do Maranhão

quinta-feira, 13 de julho de 2023

Flávio Dino demite dois delegados da Polícia Federal; um deles, por fala racista

O ministro da Justiça, Flávio Dino, tomou a decisão de demitir dois delegados da Polícia Federal (PF) devido a suas ações consideradas inaceitáveis. Um dos delegados teria proferido declarações racistas, afirmando que “indígenas e negros são inferiores”. A demissão foi oficializada por meio da publicação no Diário Oficial da União (DOU).

A primeira demissão foi registrada no DOU em 4 de julho, e o ministro comentou o caso nas redes sociais, sem mencionar nomes. Ele destacou que é inadmissível que alguém faça declarações como “índios raça inferior” e “pretos não fazem nada direito”. Flávio Dino afirmou que aplicou a pena de demissão ao policial que agiu dessa maneira, considerando essa medida como um ato de justiça e, esperançosamente, pedagógico para o futuro.

Além disso, o ministro também demitiu o delegado Renato Pagotto Carnaz, que se envolveu em um acidente em Brasília, ocorrido em dezembro de 2021. Na ocasião, Carnaz colidiu com uma viatura descaracterizada da PF, deixando uma pessoa gravemente ferida, e fugiu do local.

O delegado Renato Pagotto Carnaz se envolveu em um acidente em Brasília, ocorrido em dezembro de 2021. Ele fugiu do local sem 
prestar socorro à vítima, que ficou gravemente ferida

Durante o processo administrativo, o delegado alegou que não percebeu o contato com o outro veículo. O acidente ocorreu na Quadra 206 Sul, quando a viatura da PF colidiu com um carro que reduziu a velocidade para passar por um radar eletrônico. Como consequência, Carnaz perdeu o controle do veículo, invadiu a pista contrária e colidiu com outros carros. Thaíse Araújo Nóbrega, de 38 anos, que estava em um dos veículos atingidos, ficou gravemente ferida e precisou passar por cirurgia, permanecendo internada por três dias devido à hemorragia. Ela recebeu alta posteriormente.

Porém, fontes ligadas à investigação, que preferiram não se identificar, revelaram ao Correio que uma câmera de segurança registrou o delegado trocando a placa da viatura logo após o acidente. Os veículos da PF são equipados com placas adicionais para uso em diligências, caso seja necessário.

4 comentários:

  1. Esse comunista vai fazer só merda no ministério da justiça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que só fala e faz merda é tu seu Idiota ! Procura pra tu ver se tu não acha, o tempo do Gado circular livre pelas ruas já passou ! Agora é tempo dos gados seguir caminho para o abatedouro! Kkkkk

      Excluir
    2. Tá reclamando de quê seu otário, vai ver tu nunca nem sentou numa cadeira de universidade e quer saber mais que o Ministro da Justiça, vai procurar o que fazer gado.

      Excluir
  2. Esses bostanaristas reclamam até do vento atual devido ao gosto amargo de vê o líder deles- o MITO de Bosta - se lascar o tempo todo no atual governo. Tem que colocar todos os funcionários públicos na rua que se acham intocáveis por causa de um concursinho besta. Rua neles Dinão. E ainda tem o babão do Anderson Torres que até hoje chora depois de ter sido abandonado pelo Ladrao de Joias

    ResponderExcluir