Rádio Voz do Maranhão

quinta-feira, 17 de agosto de 2023

Dono de construtora e ex-funcionária da Câmara de São Luís são alvos de operação que investiga lavagem de dinheiro

A Polícia Civil do Maranhão cumpriu, na manhã desta quinta-feira (17), por meio da Superintendência Estadual de Combate a Corrupção (SECCOR), seis mandados de busca e apreensão expedidos no bojo de um inquérito policial que apura crime de lavagem de dinheiro.

Os alvos foram uma empresa do ramo de construção civil, seus sócios e uma ex-servidora da Câmara municipal de São Luís.

A investigação iniciou-se a partir da análise de um relatório financeiro expedido pelo COAF que detectou algumas transações suspeitas da empresa, que possuía uma movimentação financeira incompatível com a sua capacidade econômico-financeira declarada.

Segundo o relatório do COAF, a maior parte dos recursos recebidos na conta da empresa foram provenientes de entes da Administração Pública, havendo indícios de movimentação relacionada a atividade ilícita, podendo configurar desvio de valores recebidos de órgãos públicos.

Durante o cumprimento das buscas foram apreendidos documentos e os aparelhos celulares dos alvos, que terão extraídos os dados telemáticos por decisão judicial.

Pelas informações, um dos alvos da operação é o empresário César Roberto Pereira, dono da CCG Construções. Os policiais cumpriram mandados de busca em seu apartamento, no condomínio Ilê Saint Louis, no bairro da Península da Ponta d’Areia.

Uma ex-servidora da Câmara Municipal de São Luís recebeu uma transferência de R$ 110 mil da construtora, uma vez que o seu salário à época era de apenas R$ 2.541,59.

A investigação terá prosseguimento para chegas a todos os beneficiários desse esquema criminoso de desvio de recursos públicos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário