Rádio Voz do Maranhão

sábado, 26 de agosto de 2023

Prefeito de Cachoeira Grande é preso por porte ilegal de arma de fogo em São Luís

Raimundo César Castro, prefeito da cidade de Cachoeira Grande, a 109 km de São Luís, foi preso na tarde dessa sexta-feira (25), na capital, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

Segundo a Polícia Militar a prisão do prefeito, do PL, aconteceu após uma abordagem ocorrida no bairro João Paulo, em São Luís. No local, o gestor foi flagrado pelos policiais portando uma pistola .40, além de três carregadores e 18 munições intactas.

O prefeito foi conduzido ao Plantão Central, na Rua das Cajazeiras, no Centro da capital maranhense, de onde foi liberado após ter sido registrado um Boletim de Ocorrência e a apreensão da arma de fogo.

Esta não é a primeira vez, que o prefeito se envolve num caso policial. No último dia 12 de agosto César Castro foi alvo de um assaltante e ficou refém dentro do próprio veículo no Povoado Ruy Vaz, em Axixá, na região do Munim.

De acordo com a polícia, ele voltava de uma agenda política quando foi abordado por um homem, que antes tinha anunciado um assalto, mas não teve sucesso. O criminoso, frustrado, teria invadido o carro de César Castro e levou o prefeito junto.

Durante o período em que esteve com o assaltante, circulou na região a informação de que o prefeito poderia ter sido sequestrado, mas a polícia encontrou o César horas depois, assim como o veículo. O assaltante, no entanto, não foi localizado.

Com informações do g1 MA

2 comentários:

  1. Qual partido PL? isso é partido político mesmo?

    ResponderExcluir
  2. PL parece outra coisa, não partido político.

    ResponderExcluir