Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 10 de novembro de 2023

Policiais militares são mortos durante tentativa de despejo em Barra do Corda; eles estavam à paisana e foram contratados por um fazendeiro


Dois policiais militares foram mortos a tiros durante em uma emboscada, no início da noite desta sexta-feira, 10, no povoado Carrasco, área rural de Barra do Corda, a 446 km de São Luís.

Os PMs, acompanhado de outros militares, teriam sido contratados para realizar um despejo de posseiros em uma fazenda na zona rural do município.

À paisana, eles se dirigiram para a área em companhia do proprietário da fazenda. Antes de chegarem ao local, foram emboscados por vários posseiros que ocupam as terras. O carro foi cercado e no ataque dois militares foram mortos a tiros.

Um dos mortos foi identificado como sargento Almir, que teve o corpo queimado pelos posseiros.

Seis militares que integravam a “tropa” na tentativa de despejo, supostamente clandestino, conseguiram escapar e, segundo informações, estariam escondidos no mato.

A polícia civil já deslocou equipes da região para a área. Outras informações obtidas dão conta de que os posseiros já estariam na terra há cerca de seis anos.

Nas redes sociais, o advogado Luís Antônio Pedrosa escreveu:  

— Hoje dois PMs foram mortos agora há pouco em Barra do Corda numa tentativa de despejo ilegal, no povoado Carrasco.  Eles integravam uma comitiva de militares que faziam trabalho de jagunçagem para um fazendeiro quando foram vítimas de uma emboscada.

Já o advogado Diogo Cabral escreveu:

— A situação de violência no campo no Maranhão é insustentável. Semana retrasada, o líder quilombola Doca foi assassinado. Hoje, mais violência, quando num despejo ilegal, dois PMs à paisana, quando faziam segurança de um fazendeiro, foram assassinados numa área  do INCRA.

Com informações de O Informante

24 comentários:

  1. Foram fazer o mal e acabatsm contraindo pra se...mais com certeza já é de se esperar que eles vão se vingar daqui a alguns dias...sujando o nome da PM .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que entre queimando igual os bandidos fizeram com eles.

      Excluir
    2. Quais bandidos ? Os jagunços? Ou tu não sabe ler e interpretar ?

      Excluir
  2. PM vai meter bala sem pena vai morrer muito vagabundo 💀

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vagabundo é quem recebe dinheiro nosso pra servir de jagunço pra fazendeiro !!

      Excluir
    2. Vagabundo são esses agentes do estado que vão se prostituir para os fazendeiros !

      Excluir
  3. DECIO ALARGADOR DE ANONIMO11 de novembro de 2023 às 06:35

    RAPAZ O PAÍS TÁ UMA BAGUNÇA DE JANEIRO PRA CÁ NÉ!?

    ResponderExcluir
  4. Isso tudo é resquício do desgoverno do ladrao de Joais que durante o tempo que esteve presidente do Braisl, eleito por acidente , acobertava ações ilegais de Policiais. Agora a coisa mudou. Milícias não tem vez neste governo. O negócio agora é: ou cadeia ou sepultura. Viva Lulão, Dinão e Xandão

    ResponderExcluir
  5. Não sabem oque dizem, não é só pq é pm que tem o salário dos sonhos, muitos atrás de extras como qualquer outro cidadão, mais como sempre ficam contra os pms…

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não é extra seu vagabundo. Isso é crime, formação de milícia !

      E te cala !

      Excluir
  6. Se é policial, militar ou civil, tem que cumprir e fazer a cumprir a lei. Se o salário que ele sabia que não era essas coisas quando em tese, fez concurso, então deve sair e procurar trabalhar com outra coisa. Agora, virar traficante, pistoleiro, jagunço e outras mazelas que ele deve combater, não justifica. Cadeia em PMs vagabundos que recebem dinheiro público todos os meses e em dias.

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. A polícia civil tinha que dar apoio pra esse povo porque a PM vai fazer um banho de sangue lá nesse povoado daqui a alguns dias.

      Excluir
  8. Respostas
    1. Que vergonha pro estado,nossos policiais terem que fazer bico porque o salário dos PMS é uma misérinha.

      Excluir
    2. É só procurar estudar um pouco mais e não ser PM ! Miséria por miséria, a polícia não deveria prender os assaltantes pés - rapados, se teu argumento serve pra tu defender teus bandidos, o mesmo argumento serve para os defensores no outro extremo. Então caralho, segura os dedos ai bitola lambe botas !

      Excluir
    3. Kkkkkkkkkkk. Disse tudo. Esse vagabundo defensor de bandido é pilantra também.

      Excluir
  9. Os moradores desses locais devem tomar cuidado, pois CERTAMENTE, seus comparsas pms bandidos irão fazer um banho de sangue de inocentes nesses povoados. As autoridades devem estar atentam pra essa iminente chacina dos moradores! Atenção Brandão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade,a PM vai lá matar muita gente é só questão de hora,ainda bem que a população tá toda de olho.

      Excluir
  10. A PM não vai matar ninguém, se alguém for, faz parte da milícia.

    ResponderExcluir
  11. A questão não defender ninguém, todos tem um motivo para fazer o que fazem. A questão que existe muita desigualdade na nossa sociedade. Enquanto uns trabalham para adquirir seus bens outros o culpam lugares que não é seu. Isso é que crime. É nada no mundo justifica tirar a vida de ninguém. A final o que você faria se roubasse suas terras? Quando existem leis que defendem ações como essas, ser pobre não é crime, mas ser ladrao é! Nosso país Tem leis que não não sabem para que foram criadas, para proteger ou para roubar.

    ResponderExcluir
  12. Vem a pergunta o que levaria PMs a fazerem bicos? O que levaria pessoas a invadirem terras que não são adquirida de forma legal? O que levaria pessoas tirem a vida de outra pessoas? O problema aqui, se resume o quanto brasileiros tentam sobreviver em uma sociedade tão miserável. Se fosse seu pai, sua mãe, já não ter mais vida por causa que decidiu apostar num ganho extra para sua família.

    ResponderExcluir