Rádio Voz do Maranhão

domingo, 17 de dezembro de 2023

Menino morre após ser atingido por bala perdida em Bacabal

Um menino, identificado como Cícero Machado Cardoso, de 7 anos, morreu após ser baleado na cabeça, por volta das 2h deste domingo (17), no município de Bacabal, a 248 km de São Luís. A criança foi vítima de uma bala perdida, segundo informações policiais.

Segundo informações, dois homens, que teriam uma rixa, estavam em uma festa no bairro Pantanal, quando iniciaram uma troca de tiros. Uma segunda vítima foi atingida na panturrilha.

Cícero Cardoso chegou a ser socorrido no Hospital Laura Vasconcelos, mas não resistiu e morreu. Ele era natural de Cuiabá (MT) e residia na rua Goiás, no bairro Pantanal, em Bacabal.

O corpo da criança foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Timon. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de São Mateus do Maranhão.

A polícia trabalha para identificar e prender os dois homens que promoveram o tiroteio que resultou na morte da criança.

8 comentários:

  1. Armas liberadas dá nisso. Desarmamento já. Vamos voltar à civilidade, esquecer essa política absurda do desgoverno do bosta.

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvidas que esses dois meliantes que trocaram tiros eram petistas e suas armas não eram registradas e possivelmente eram gays.

    ResponderExcluir
  3. Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2023 mostram um Brasil com menos inflação, desemprego menor e um crescimento da economia maior que o esperado, disse o presidente do instituto, Marcio Pochmann.

    País com governo é outra coisa.

    ResponderExcluir
  4. A maioria dos Bostanaristas são gays e gostam de banheiro químico, agora vão ser enrabados na papuda.

    ResponderExcluir
  5. Esse é o desgoverno do Brandão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A violência aumentou no Estado do Maranhão e culpa do Governador Brandão que nomeou um Secretário de Segurança inoperante. Não serve pra nada .

      Excluir
  6. E a vida perdida da criança, importa pra alguém? Essa dita "polarização" só abre os caminhos, ainda mais, para violência !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, por isso que apontaram o culpado, o sistema de segurança e o Governador que é o chefe.

      Excluir