sexta-feira, 17 de março de 2017

Implantação dos Centros de Educação Integral do Maranhão é destaque na Folha de S. Paulo

“Ali se ergue uma escola em tempo integral com jovens comprometidos com seus sonhos de futuro, professores aparentemente acreditando no potencial dos alunos e uma proposta pedagógica exigente, e, ao mesmo tempo, apoiadora”. Foi assim que a coordenadora do Centro de Inovação em Políticas Educacionais (CEIP) na FGV do Rio de Janeiro e professora visitante de Harvard, Claudia Costin, descreveu, em sua coluna na Folha de S. Paulo, a proposta do Governo do Maranhão em criar os Centros de Educação Integral.

A especialista em educação visitou, na última semana, o Centro de Educação Integral Dorilene Silva Castro, no bairro Coroadinho, um dos 11 Centros de Educação Integral que passaram a funcionar neste ano, em São Luís, e em mais cinco municípios maranhenses. Lá, Cláudia Costin conversou com a equipe escolar e conheceu as dependências do Centro, que atende cerca de 400 alunos com ensino em tempo integral.

Na sua coluna semanal da Folha de S. Paulo, Cláudia ainda destacou: “de tudo o que vi no Coroadinho, o que mais me chamou a atenção funcionaria em qualquer escola para adolescentes: o aluno era o centro da proposta educacional e a abordagem enfatizava o protagonismo juvenil. O jovem é apresentado como portador de um sonho de futuro, mesmo num contexto em que, para além dos muros da escola, o que mais aparecia era a ausência de possibilidades. Certamente irão se formar, nessa unidade escolar, jovens aptos a reescrever a história e o futuro de outros jovens do bairro”.

Durante sua visita ao Maranhão, Costin também esteve reunida com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, para conhecer a rede de educação do Instituto de Educação, Ciência, Tecnologia do Maranhão (Iema).

Centro de Educação Integral

Os Centros de Educação Integral, denominados de Centros ‘Educa Mais’, fazem parte da política educacional do governo que tem foco na melhoria da qualidade da educação no estado. O projeto é um dos modelos adotados pelo Governo do Maranhão, para inserção da educação integral na Rede Pública Estadual.

“Desde o primeiro dia de gestão, o governador Flávio Dino vem centrando esforços para retirar o Maranhão das últimas posições nos indicadores educacionais e uma das linhas mestras adotadas como estratégia para mudar esse cenário é a formação e o desenvolvimento integral do estudante maranhense, com a implantação da educação em tempo integral na Rede Estadual de Ensino”, apontou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Todas essas escolas que foram transformadas em Centros de Educação Integral passaram por amplas reformas e adequações, com a parceria da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), a fim de garantir a estrutura necessária para o bom funcionamento. As unidades foram estruturadas com laboratórios, sala multifuncional, auditório, biblioteca, quadra poliesportiva, vestiários, refeitório, entre outras dependências, para que os jovens tenham formação plena, considerando todas as suas dimensões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...