Mais Asfalto

Mais Asfalto

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Ricardo Murad usou IDAC para atrapalhar licitação da saúde

Apontado pela Polícia Federal como chefe da organização criminosa que desviou mais de R$ 1 bilhão da saúde pública do Maranhão, o ex-secretário Ricardo Murad usou o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC) em seu esquema criminoso.

De acordo com o relatório da PF, “Ricardo mobilizou uma estrutura com o fim de impugnar a licitação da Secretaria de Saúde. Utilizou-se de uma ação popular movida pela Assembleia Legislativa encabeçada por sua filha ANDREA MURAD; usou sua influência para tentar impugnar a licitação também pelo Tribunal de Contas do Estado e, por meio de um mandado de segurança, movido por uma das concorrentes da licitação IDAC – o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania, no qual o proprietário Antônio Aragão, tem estreita relação com o investigado”.

O IDAC é pertencente a Antônio Aragão, preso na Operação Rêmora, desbaratada na ultima sexta-feira, 02. Aragão também é presidente do PSDC. A mando de Ricardo deu legenda ao deputado federal Aluísio Mendes se candidatar em 2014.

A sede de Ricardo e Aragão para desviar recursos era tão grande que na pequena Carutapera o contrato com o IDAC foi aditivado sete vezes pelo ex-secretário preso. Segundo a PF, a deputada estadual Andrea Murad era agente do esquema.
do Blog Marrapá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...