segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Duas crianças são encontradas acorrentadas e sem roupas dentro de casa na zona rural de São Luís; tio é preso por cárcere privado


Duas crianças, de 10 e 13 anos, foram encontradas algemadas e sem roupas dentro de uma casa, no bairro Coquilho, na zona rural de São Luís, nesta segunda-feira (24).

O resgate dos dois garotos foi feito por policiais do 6° Batalhão. A corrente, fechada com cadeados, foi retirada dos pulsos dos meninos com uma tesoura de cortar vergalhão.
Após o resgate dos meninos, os policiais conseguiram prender um homem identificado como Luís Sodré Cantanhede, de 43 anos, suspeito de manter os dois sobrinhos em cárcere privado.

De acordo com informações do major Marcelo, comandante do 6º Batalhão da PM, a informação de que duas crianças estavam acorrentadas dentro de uma casa foi passada pelo Disque Denúncia. A partir de então, foi traçada uma estratégia para confirmar a denúncia, sendo identificado o homem, que seria tio das crianças.
“Ele as mantinha presas, sob condições de maus-tratos, constrangimento, cárcere privado e conduzimos para a delegacia”, disse o major.

O comandante informou, ainda, que Luís André já tinha passagem pela polícia por porte ilegal de arma de fogo e por estupro de vulnerável em 2017. O major acrescenta que, a princípio, o suspeito afirma que a culpa de as crianças estarem nessa situação seria da mãe. Após contato com ela, a mesma negou a culpa.
“Ela não estava presente no local, também não compareceu à delegacia ainda, mas a polícia já possui informações sobre o paradeiro dela”, explicou o major. 

Não foram encontrados materiais ilícitos na residência em que as crianças estavam. 

Já a delegada de plantão na Delegacia da Cidade Operária (Decop), Edeildes Pereira informou que a mãe das crianças, Elizete Sodré, deveria prestar depoimento ainda nesta segunda-feira. 

Segundo a delegada, a mãe disse que era ela quem mantinha os filhos presos, porque eles estavam roubando a vizinhança e ela já não sabia o que fazer.


As crianças estão sendo acompanhadas pelo Conselho Tutelar. O tio, Luís Sodré, continua preso na Decop.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...