Rádio Voz do Maranhão

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Em depoimento à polícia, esposa de Júnior Bolinha cita nome da deputada Gardênia Castelo


Deputada Gardênia Castelo é citada em depoimento

O nome da deputada Gardênia Castelo (PSDB), filha do prefeito de São Luís, João Castelo, foi citada no depoimento que a empresária Gracielli Martins prestou aos delegados da Polícia Civil responsáveis pela investigação do assassinato do jornalista Décio Sá. Gracielli é esposa do também empresário Júnior Bolinha que está preso acusado de contratar Jhonatan Silva para matar o jornalista. Esse depoimento foi prestado no dia 20 de junho e revela uma suposta negociata entre a deputada Gardênia e o empresário Gláucio Alencar, que tem como principal atividade, segunda a polícia, a prática de agiotagem. Gláucio seria o mandante do assassinato do jornalista.

Com consta no depoimento de Gracielli Martins, Gláucio Alencar teria emprestado a importância de R$ 400 mil à deputada Gardênia Castelo. Essa referência ao nome da parlamentar está na página seis do depoimento da empresária. O próprio Júnior Bolinha, em seu depoimento, chegou a afirmar que possuía algumas máquinas pesadas alugadas para a prefeitura de São Luís.
Ainda no depoimento a empresária chega a dizer que a deputada Gardeninha Castelo e Gláucio Alencar tinham negócios. “Gláucio e a deputada Gardênia Castelo tinham negociações mais eu não sei de que tipo”, disse Patrícia à polícia.

As informações sobre o suposto envolvimento da deputada Gardênia Castelo com os responsáveis pelo assassinato de Décio Sá foram divulgadas pelo jornalista Itevaldo Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário