Rádio Voz do Maranhão

sábado, 7 de julho de 2012

Empresário “sequestrado” integra quadrilha de falsificadores de documentos


O empresário do ramo de eventos João Miguel Melo, conhecido como “Ceará”, foi autuado em flagrante nesta sexta-feira(7) por integrar uma quadrilha de falsificadores de documentos. No fim da tarde de quinta-feira (6), o empresário teria sido “sequestrado” por quatro homens que queriam alugar uma radiola de reggae. Essa foi a versão da família para o CIOPS da Polícia Militar. Na verdade, o empresário foi alvo de uma ação de policiais da Delegacia da Cidade Operária que vinham investigando as ações de uma quadrilha de falsificadores de documentos. Além de conduzirem “Ceará” para a delegacia, os policiais civis apreenderam dois veículos e dois notebooks, além da quantia de R$ 950,00.

Na residência de “Ceará”, a polícia encontrou cerca de 200 cédulas de CNH, cédulas de identidade e um revólver calibre 32, com cerca de 50 munições. Na manhã desta sexta-feira, foi preso Marlon Sampaio da Conceição, que seria o técnico da quadrilha, responsável pela confecção dos documentos. A polícia está à procura de Louro, residente na Vila Palmeira, e Carlos Alberto, que seria um taxista da Cidade Operária.  

Segundo informações do Cel. Jefferson Telles, essa quadrilha vinha sendo investigada há quinze dias. Os dois presos foram autuados por formação de quadrilha, falsidade ideológica e falsidade de documentos públicos. A autuação foi feita pela delegado Dulcivan Gonçalves, na delegacia da Cidade Operária,

Os dois veículos apreendidos estariam em nomes de pessoas já falecidas. A polícia vai investigar se há algum funcionário do Detran/MA envolvido com essa quadrilha. João Miguel e Marlon Sampaio serão transferidos para a penitenciária de Pedrinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário