Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Pistola achada em duna na Litorânea foi usada para executar o jornalista Décio Sá


Pistola .40 foi usada para executar Décio Sá

A pistola .40, encontrada enterrada em uma duna da Avenida Litorânea, na tarde de quinta-feira(5), foi a arma usada pelo pistoleiro Jhonathan Silva para executar o jornalista Décio Sá. A confirmação foi feita pelo secretário de segurança do Maranhão, Aluísio Mendes, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (6).

“Nossos peritos trabalharam durante toda a noite para fazer o confronto balístico com os projéteis retirados do corpo do jornalista, chegando à conclusão que esta foi a arma utilizada para matar o jornalista Décio Sá”, disse Aluísio Mendes.

A duna onde a arma estava enterrada foi a mesma utilizada por Jhonatan Silva para empreender fuga. Em depoimento aos delegados que investigam o assassinato do jornalista, Jhonathan havia dito que a arma teria sido jogada na Baía de São Marcos, durante uma travessia de ferryboat com destino à Baixada Maranhens. “Nós não tínhamos convicção de que o relato do assassino era verdadeiro. Essa estória de fazer a travessia da Baía de São Marcos de ferryboat para jogar a arma, não era verossímil. Aquela versão contada pelo Jhonathan de que após o crime teria caminhado por um longo tempo, sem camisa, e com a arma na cintura, não era factível. Na reonstituição, confrontado com isso, o Jhonathan terminou confessando que aquela versão não era verdadeira e que a arma havia sido enterrada na duna. Fomos até a área indicada por ele, fizemos o isolamento, e com a ajuda de um detector e metais terminamos localizando a arma”, explica o secretário.

Segundo o secretário, a polícia vai trabalhar para tentar descobrir a procedência da pistola, pois o brasão e a numeração foram lixados. “Vamos fazer mais testes hoje. Se a nossa perícia confirmar que é impossível fazer esse trabalho aqui, vamos remeter a arma para o Instituto Nacional de Criminalística, da Polícia Federal, em Brasília”, finaliza Aluísio Mendes.







Nenhum comentário:

Postar um comentário