Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Mais um crime de pistolagem: Pastor evangélico é morto a tiros durante comício em Santa Luzia

O pastor evangélico Elias Mendes Souza, de 52 anos, foi assassinado por volta das 17h30 desta quinta-feira (27), na porta de sua residência, localizada na Avenida Newton Belo, no município de Santa Luzia, onde exercia o cargo de secretário municipal de Indústria e Comércio.

O ex-deputado estadual Oséas Rodrigues informou que tudo indica que o crime teve motivação política. Pai de quatro filhos, Elias Souza, que era pastor da Igreja Assembleia de Deus, foi morto com seis tiros de pistola, disparados por dois homens que, sem capacetes, ocupavam uma motocicleta.

De acordo com o relato de Oséas Rodrigues, o pastor, que integrava a equipe do atual prefeito de Santa Luzia, Márcio Rodrigues (PMDB), estava a cerca de 50 metros do local onde ocorria um ato de apoio à campanha do candidato Veronildo Tavares dos Santos, o Vera (PRB), adversário do prefeito.

Depois de ser baleado na porta de sua residência, Elias Souza ainda foi socorrido e levado às pressas ao Hospital Municipal de Santa Luzia, onde já chegou morto.

Clima de guerra – O ex-deputado Oséas Rodrigues informou que, há cerca de um mês, um comício do prefeito Márcio Rodrigues foi interrompido por um tiroteio, no povoado Santo Onofre. Na ocasião, um aliado do prefeito foi atingido com três tiros e, depois de imediatamente encaminhado para um hospital de São Luís, sobreviveu ao atentado.

“O clima político aqui está muito tenso. Todas as famílias estão apreensivas e preocupadas com os desdobramentos destes fatos violentos. O prefeito já solicitou ao Governo do Estado o aumento do contingente policial em nosso município e o reforço da segurança em toda a nossa região. O prefeito chegou a solicitar segurança pessoal, até para poder continuar a campanha”, afirmou Oséas Rodrigues.

Ele acrescentou que há um clima de temor e intimidação no município: “O que os adversários estão tentando é nos intimidar para que se interrompa a campanha e eles possam recuperar os percentuais que perderam nas últimas pesquisas de intenção de voto”, ressaltou o ex-deputado.


do Blog do Manuel Santos Neto

3 comentários:

  1. gilberto vc devia vim em santa luzia doo tidi antes de sair por ai publiacndo mentiras desse ex deputado oseas,este homem no temm respeito por ninguem,pq q eu saiba moro perto do irmao elias e ele nao estava em comicio estava na porta de ksa, e tinha uma carriata do candidatoo adversario mais tava era longe daqui da rua,o irmao elias nao era candidato e nem brigava por causa de politca,era um homem calmo e té hj ninguem aqui viu falar de disavensas dele cm addversario politico nenhum.este oseas quer se aproveitar da situaçao pra fazer politica,isso é jogo sujo...

    ResponderExcluir
  2. e outra irmao elias foi alvejado cm 4 disparos.este doutor oseas é um sem noçao,nao tem um pingo d vergonha,mentiroso

    ResponderExcluir
  3. Meu pai, Elias Mendes Souza, não era pastor, era membro e dirigente da igeja Assembléia de Deus. Pai de 6 filhos, 3 com minha mãe e 3 com sua atual esposa. Meu pai homem íntegro, honesto, trabalhador, braço forte do dr. Óseas e do prefeito Márcio que lhe deu todo respaldo.

    ResponderExcluir