São João 2019

São João 2019

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Polícia prende envolvidos em assassinato e ocultação de cadáver em Paço do Lumiar


Policiais da Delegacia do Maiobão deram cumprimento a mandados de prisão temporária contra envolvidos no assassinato e ocultação de cadáver de Marco Aurélio Lemos Pinheiro, o "Marquinho", encontrado sepultado em uma cova rasa, no dia 02 de novembro deste ano, nas proximidades do aeroporto de Paço do Lumiar.

Os alvos da operação foram William de Andrade Silva Júnior, o "Bob"; Thalisson Dias Castro, conhecido como o "Tatá", Cleudilene Diniz, a "Barbie", Deuzimar Bezerra da Silva, a "Mara" ou "Baixinha"; e Claudiano Pinheiro, o “Jhon Rambo", considerado de alta periculosidade e apontado como "torre" da facção criminosa denominada "Bonde dos 40", com atuação no Novo Horizonte e adjacências, em Paço do Lumiar.
Marco Aurélio foi assassinado e enterrado em cova rasa em Paço do Lumiar
Pelas informações da polícia, no dia 27 de outubro deste ano, um dia antes de ser assassinado, Marco Aurélio esteve no Bar da Barbie, no Novo Horizonte, onde ingeriu bebidas alcoólicas com amigos e quis ‘ficar’ com uma garota identificada como “Mara”. 

“Barbie” entregou a “Marquinho” a chave de uma casa, onde estava “Mara”, que não gostou da investida e disse ter sido estuprada.

Ao tomarem conhecimento da ação de “Marquinho”, William Júnior e Thalisson Castro cuidaram para que as providências fossem adotadas. “Mara” foi levada à presença de “John Rambo”, que determinou a morte de Marco Aurélio, no dia seguinte.

Três homens foram à casa de "Marquinho", em um veículo Corsa, e o levaram  para execução nas proximidades do aeroporto de Paço do Lumiar.

Os presos estão no Complexo Penitenciário de Pedrinhas à disposição da Justiça. As investigações continuam para individualização da ação de cada integrante do grupo nessa ação criminosa.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...