São João 2019

São João 2019

terça-feira, 12 de março de 2019

Agentes encontram 117 fuzis na casa de um amigo de Ronnie, suspeito de matar Marielle e Anderson Gomes

Apreensão foi feita na residência de Alexandre Mota de Souza, amigo de infância de Ronnie Lessa, apontado como o atirador que assassinou Marielle e Anderson.
O dono da casa afirmou para os policiais que Ronnie, seu amigo de infância, entregou as caixas, e pediu para guardá-las e não abri-las.
A Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou um total de 117 fuzis, do tipo M-16, na casa de um amigo do policial militar Ronnie Lessa, acusado de ter efetuado os disparos que assassinaram Marielle Franco e Anderson Gomes. A apreensão foi feita no bairro do Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro.

As armas são novas e estavam desmontadas em caixas em um guarda-roupas. Conforme declarou Marcos Vinícius Braga, secretário de Polícia Civil, se trata da maior apreensão de fuzis da história do Rio.

Alexandre Mota de Souza, dono da residência onde foi encontrado o arsenal, disse aos policiais que Ronnie é seu amigo de infância, entregou as caixas, pediu para guardar e não abrir.

“Alexandre é amigo do Lessa há anos e ele fez apenas um favor em colocar essas encomendas, porque ele não sabia do que se tratava, no seu apartamento. Ele ficou surpreso ao saber do conteúdo, mas ele não tem nada a ver com esse episódio lamentável da vereadora”, justificou o advogado de Souza.

Dinheiro

Durante a operação, os agentes encontraram, ainda, R$ 112 mil na operação, sendo R$ 50 mil na casa dos pais de Ronnie e R$ 60 mil em seu carro.

A polícia investiga agora se Lessa é traficante de armas e escondia na casa do amigo o material.

Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...