São João 2019

São João 2019

segunda-feira, 18 de março de 2019

Homem condenado por crime de trânsito em Minas Gerais é preso em São Luís


O homem identificado como Jailson dos Santos Lopes, conhecido como “Paulista”, de 31 anos, natural de Coroatá, foi preso por policiais do 6º BPM, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça da Guaranésia, em Minas Gerais.

Segundo informações da PM, “Paulista” foi preso na Rua da Mangaba, no Bloco 36, no Residencial Eco Tajaçuaba, do programa Minha Casa, Minha Vida, na zona rural de São Luís.

Ele foi identificado durante abordagens a alguns suspeitos. Os policiais identificaram que “Paulista” tinha um mandado de prisão preventiva em seu desfavor expedido pela Justiça de MG.

“Paulista” foi apresentado na delegacia da Cidade Olímpica, sendo em seguida recolhido para o Centro de Triagem de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.

Sobre a condenação

Jailson dos Santos Lopes foi condenado como incurso nas sanções do art. 306 (conduzir veículo automotor, na via pública, sob a influência de álcool ou substância de efeitos análogos, expondo a dano potencial a incolumidade de outrem) e 309 (dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida Permissão para Dirigir ou Habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano) da Lei n.9.503/97 (Código de Trânsito Brasileiro). 

A pena foi 06 (seis) meses de detenção e 22 (vinte e dois) dias-multa, sob regime aberto, permitindo ao acusado o direito de recorrer em liberdade.

O Juiz Bruno Moya Raimondo, da Comarca de Guaranésia(MG), expediu edital de intimação para que “Paulista” participe de audiência admnonitória, no dia 25 de abril deste ano, no Fórum de Guaranésia. Talvez tenha sido esse o motivo de expedição do mandato de prisão preventiva contra o sentenciado.

Vale ressaltar que audiência admonitória é aquela em que os magistrados estabelecem condições para o cumprimento do regime aberto, as quais, se desobedecidas, podem provocar a regressão de regime. Estarão presentes o magistrado, o representante do ministério público, o condenado e seu advogado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...