terça-feira, 3 de dezembro de 2019

PM condena ação truculenta de policiais contra mulher e diz que caso será apurado pela Corregedoria da corporação


O Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA) divulgou, na manhã desta terça-feira (03), nota informando que a ação violenta de PMs contra uma mulher durante atendimento de uma ocorrência nas proximidades da Praça do Bacanga, no último sábado (30/11), será apurada pela Corregedoria da Corporação.

“Tais ações em nada coadunam com os princípios profissionais e éticos que orientam as atividades dos integrantes de toda a corporação”, destaca a nota.

No vídeo, que repercute nas redes sociais, um dos policiais, diante da recusa da mulher, chega a colocar um dos braços entre as pernas dela. Uma das pessoas que acompanhava a ação violenta resolveu filmar tudo. Outras que passavam pelo local resolveram intervir e arrancar a mulher das mãos dos PMs.

Confira o teor da nota divulgada nesta terça-feira

A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) informa que os procedimentos administrativos cabíveis vão ser adotados pela Corregedoria da Polícia Militar para apurar o caso. Ressalta, ainda, que não compactua ou mesmo legitima tais condutas. Tais ações em nada coadunam com os princípios profissionais e éticos que orientam as atividades dos integrantes de toda a corporação.

O secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, também condenou a ação agressiva. Confira:

Nenhum comentário:

Postar um comentário