sexta-feira, 6 de março de 2020

Cantor que matou a esposa em Maracaçumé morre após ser espancado em presídio


O cantor Rosivel Gomes Almeida, conhecido como “Zico Pagodeiro”, de 57 anos, morreu, na noite desta quinta feira (05), no Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão 1, em São Luís. Ele estava preso pelo crime de feminicídio, no município de Maracaçumé, a 244 km de São Luís.

“Zico Pagodeiro” matou a própria companheira, identificada como Ildelene, a golpes de faca no dia 16 fevereiro deste ano. De acordo com testemunhas, o crime foi motivado por ciúmes. Após o crime, populares chegaram a tocar fogo no bar do cantor.

No dia seguinte, 17 de fevereiro, “Zico Pagodeiro” se apresentou na delegacia e foi preso em flagrante. De acordo com a irmã dele, dentro do presídio ele foi espancado por outros criminosos, teve as costelas e as duas pernas quebradas.

Devido à gravidade dos ferimentos, Rosivel Gomes foi encaminhado para o Socorrão 1, em São Luís, mas não resistiu e morreu.

Um comentário:

  1. A última apresentação dele foi no Distr.Policial foi isso,entendi.

    ResponderExcluir