Rádio Voz do Maranhão

terça-feira, 21 de setembro de 2021

Homem condenado a 21 anos de cadeia por matar companheira é preso em São Luís

A Polícia Civil deu cumprimento, na manhã dessa segunda-feira (20), a um mandado de prisão definitivo contra Franklin Castilho Wekner, conhecido como “Cabeludo”, que matou sua companheira Leidiane de Jesus Carvalho Costa. O crime ocorreu no dia 24 de abril de 2011, no bairro de Fátima, em São Luís.

Ele foi condenado, em março de 2020, a 21 anos de prisão em regime fechado.

O assassino matou a vítima mediante golpes de ação contundente, especificamente na região do abdome, sendo a morte causada por anemia aguda, devido à lesão hepática por trauma de abdomen fechado, conforme atestou o laudo cadavérico.

O crime foi cometido no interior da residência em que o casal vivia com os três filhos menores, inclusive um recém-nascido.

Uma das crianças relatou à avó materna que o acusado teria “espancado a vítima, chutando-a e arrastando-a pelo chão, e depois, teria dado-lhe um banho, e colocando-a, em seguida, num sofá”.

A mulher já havia registrado na delegacia de polícia comunicações de espancamentos cometidos pelo companheiro.

Após os procedimentos legais, o preso foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

A Polícia Civil ressalta que no ano que ocorreu o crime não existia o termo Crime de Feminicídio que veio entrar em vigor somente em 2015.

....................

Postagem relacionada:

Homem que matou esposa espancada na frente dos filhos é condenado a 21 anos de prisão; ele está foragido


Nenhum comentário:

Postar um comentário