Rádio Voz do Maranhão

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Rodoviários rejeitam reajuste de 2% e greve continua

Após mais de seis horas reunidos na sede da Prefeitura de São Luís, rodoviários e empresários, mais uma vez, não chegaram a um acordo e greve continua

Durante reunião na sede da Prefeitura de São Luís, nesta segunda-feira (25), entre Rodoviários, SET e o prefeito Eduardo Braide (Podemos), os empresários do setor de transportes ofereceram um reajuste de 2% nos salários dos trabalhadores, que estão em greve há cinco dias.

Segundo Marcelo Brito, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, o reajuste proposto foi recusado pelos motoristas e cobradores que se concentravam em frente à Prefeitura de São Luís.

“Desde a manhã, estamos reunidos e mais uma vez, o sentimento é de frustração. O empresários seguem com a intransigência deles, em não oferecer uma proposta digna aos trabalhadores, que atuam na precariedade, arriscando a própria vida, que quando não são ameaçados por criminosos, se expõem a Covid-19. Realizamos atividade essencial e, sem dúvida, merecemos mais respeito por parte dos patrões. Levamos a proposta aos trabalhadores, que não aceitaram. Nestas condições, ficará difícil avançar nas negociações”, afirma Marcelo Brito.

A reunião no Palácio de La Ravadière acabou inviabilizando a terceira reunião dos empresários e rodoviários com o Ministério Público do Trabalho (MPT) que vem intermediando as negociações entre a categoria e os empregadores.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, o prefeito Eduardo Braide se comprometeu em conseguir uma nova saída até a próxima quinta-feira (28). Esta resposta dependerá do que a gestão municipal definir para atender as demandas apresentadas pelos empresários.

Entre outros itens, os trabalhadores reivindicam:

— 13% de reajuste salarial;

— jornada de trabalho de seis horas,

— ticket alimentação no valor de R$ 800,00;

— manutenção do plano de saúde; e

— inclusão de um dependente e a concessão do auxílio creche, para trabalhadores com filhos pequenos.

...............................

Postagens relacionadas

Sindicato ‘vai pro pau’ com a Justiça e confirma greve de ônibus em São Luís a partir desta quinta-feira

Rodoviários decidem manter greve em São Luís

Sem acordo, rodoviários continuam em greve por tempo indeterminado; nova audiência de conciliação ocorrerá neste sábado

Rodoviários e empresários não chegam a acordo e greve continua; nova audiência está marcada para as 18h deste sábado

Greve de ônibus continua em São Luís: mais uma reunião termina sem acordo; terceira audiência ocorrerá na segunda-feira

5 comentários:

  1. Pra de vê como é o mundo...tem motoristas miseráveis que não deixam as pessoas vender dentro dos coletivos pra babar os donos das empresas...agora esses pobres miseráveis estão sofrendo na mão dos empresários ...kkkkkkkk...tô amando....

    ResponderExcluir
  2. Pau no cu da tua mãe

    ResponderExcluir
  3. Fila da puta safado fala na cara...vou descobrir quem é tu vagabundo.não te preocupar covarde...filho de uma cachorra.

    ResponderExcluir
  4. Eu arranco é merda do teu cu. Seu corno !

    ResponderExcluir
  5. E ainda é viado...dar licença fresco.

    ResponderExcluir