Rádio Voz do Maranhão

quarta-feira, 23 de agosto de 2023

Mulher é assassinada a facadas pelo ex-companheiro em São Mateus; assassino é encontrado morto

Um homem identificado como Wagner Barros de Sousa, de 56 anos, é suspeito de ter matado a sua ex-companheira, Maria Francisca da Silva, 48, na noite dessa terça-feira (22), na cidade de São Mateus do Maranhão, a 192 km de São Luís.

Segundo a Polícia Civil, Maria Francisca teria sido atingida com, pelo menos, 17 facadas. Ela não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no local do crime.

Uma outra pessoa que presenciou a agressão ainda tentou salvar a vítima, mas acabou sendo atingida também pelo suspeito. 

Essa pessoa ferida, que não teve sua identidade revelada, foi socorrida e levada em estado grave para o hospital da cidade de Peritoró, a 237 km da capital.

De acordo com a polícia, após o crime, Wagner Barros foi encontrado morto. Ainda não se sabe se ele foi morto por alguém que resolveu ‘fazer justiça com as próprias mãos’, ou se resolveu recorrer ao suicídio.

O assassinato de Maria Silva teria sido motivado pelo fato de Wagner Barros não aceitar o fim do relacionamento. O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil de São Mateus.


5 comentários:

  1. Tem gente que é assim, tem uns políticos que não aceitam o fim do relacionamento com os cargos, perdem e ficam fazendo de tudo pra tumultuar, querem dar golpe.

    ResponderExcluir
  2. Carluxa
    04
    Micheque
    Fraquejada
    Joias
    Mansões
    Marielle
    Motociatas
    Cartão Corporativo
    Cid
    Cid Lourena
    Yanomamis
    Atos terroristas
    Armas Liberadas
    Devastação da Amazônia
    Tiro na PF
    Armada dm São Paulo
    Hacker
    Roubo
    Roubo
    Tentativa de Golpe
    .
    .
    .
    PAPUDA

    ResponderExcluir
  3. Eita que sem Bolsonaro o Brasil não progride só regride tudo piorou onda de assaltos assassinatos tudo que não presta começou a acontecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É porque a GANG dele ocupa todo o sistema, são tantos crimes cometidos pela família 00 que a polícia não dá conta dos outros.

      Excluir
  4. Esse negócio de não aceitar a perda, tem uns que perdem e vão pros EUA, querem dar golpe, roubam joias...

    ResponderExcluir