Rádio Voz do Maranhão

quarta-feira, 20 de setembro de 2023

Barbaridade: Homem é assassinado a tiros dentro da empresa Montisol, em São Luís

Um homem, identificado como César Augusto Mendes Oliveira, de 41 anos, foi assassinado a tiros, na tarde desta quarta-feira, 20, na empresa Montisol Construção e Manutenção, localizada na área do Distrito Industrial, próximo ao terminal do bairro de Maracanã, na zona rural de São Luís. 

Pelas informações, a vítima, que residia no Residencial Amendoeiras, na região do Distrito Industrial, era candidata a um emprego na empresa. Já o assassino havia perdido seu emprego recentemente.

O crime ocorreu na sala de recepção. De acordo com relatos, o suspeito, que já havia trabalhado na empresa, estava participando de um treinamento na agência de empregos quando ocorreu o crime.

O motivo teria sido uma suposta vingança contra a vítima, que, de alguma forma, teria contribuído para a perda do emprego do agressor.

Testemunhas afirmam que o suspeito estava armado com uma pistola, o que levanta sérias preocupações sobre como ele conseguiu ter acesso à área com uma arma de fogo.

Neste momento, as autoridades policiais estão intensificando os esforços na área para localizar e prender o autor do crime.

A Montisol foi fundada em 1988, em São Luís, para atender a demanda do polo industrial que se instalava na época com as operações do Consórcio de Alumínio do Maranhão (ALUMAR) e do Terminal de Ponta da Madeira/VALE.

11 comentários:

  1. Armas liberadas, até pra treinamento os doidos vão armados. Quem trabalha com recrutamento e seleção tá correndo risco de morte se não aprovar o candidato, que absurdo!

    ResponderExcluir
  2. De Janeiro pra cá nao tem quem aguente esses bandidos soltos por aí nos últimos 4 anos era só paz 0 violência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade em dezembro tudo tranquilo em Brasília, o roubo correndo solto acobertado pelas milicias.

      Excluir
  3. Nos últimos 4 anos a proliferação de bandidos foi grande. Eles estavam acobertados mas agora que acabou pra eles, estão ficando loucos de raiva e tão saindo matando os outros. A destruição de armas tá passando da hora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Policial de gabinete que não sabe o que é bandido é foda!

      Excluir
    2. Cala a boca marica, vai pro banheiro químico.

      Excluir
  4. Virou um caos com esse governo era só lazer antes muita comida barata compravamos as coisas sem taxação combustível era acessível dentre outros benefícios agora tudo taxado e caro

    ResponderExcluir
  5. Foda-se o povo. A quadrilha já está de volta ao poder!!

    ResponderExcluir
  6. então quer dizer que o bonitinho queimou ele na empresa ocasionando a sua demissão né lkkkkkkkkk....lamento dizer não vai mais queimar ninguém em trabalho e que sirva de lição pros caguetas kkkkk....vamos falar menos.

    ResponderExcluir
  7. A maioria dos congressistas são bolsonaristas e nós sabemos que a atribuição constitucional de mudar ou modificar as leis é do Congresso Nacional. Se eles, os bolsonaristas que agora são maioria no Congresso Nacional, estivessem realmente preocupados com a segurança pública, colocariam em pauta a modificação de todas as leis que dizem respeito à segurança pública. Mas esses bolsonaristas, que agora têm o Congresso Nacional, só têm compromisso com eles mesmos e com grandes grupos econômicos que querem privilégios e acabar com direitos trabalhista

    ResponderExcluir
  8. Político de direita quer escravizar os pobres, enricar e ficar viajando pelo mundo curtindo da cara dos patriotários.

    ResponderExcluir