Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 22 de setembro de 2023

Homem que teve corpo queimado após ex-mulher atear fogo nele morre em São Luís

Mauro Bodó teve o corpo queimado pela ex-esposa, Leide Silva,
que continua foragida

Um homem, identificado como Mauro José Bezerra da Costa, conhecido como Mauro Bodó, de 47 anos, que teve cerca de 80% do corpo queimado após sua ex-companheira atear fogo nele, morreu nessa quinta-feira (21), em São Luís. O crime ocorreu em um bar situado na Vila Ildemar, em Açailândia, no último domingo (17).

Além de Mauro Bodó, uma mulher, identificada como Laíde da Costa Alves, que o acompanhava, também sofreu lesões de queimadura de segundo grau.

Na ocasião do crime, a ex-esposa de Mauro, Leide Silva, chegou no estabelecimento, jogou gasolina nas vítimas e ateou fogo.

Mauro e Laíde receberam atendimento de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foram posteriormente encaminhadas ao Hospital Municipal de Açailândia.

No momento em que foi socorrido, Mauro saiu de um banheiro, caminhando, coberto por uma toalha colocada na cabeça e falando com os socorristas. As marcas de queimadura estavam por todo o corpo.

Como o estado de saúde se agravou, com queimaduras de segundo e terceiro grau, ele foi transferido para um hospital em São Luís. Mauro não resistiu a uma parada cardíaca e morreu nessa quinta. Laíde Alves continua internada e passa por uma raspagem da pele.

De acordo com a polícia, Leide Silva segue foragida. Os trabalhos seguem no intuito de localizá-la. Ele deverá responder pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

O 26° BPM, disponibilizou um número para denúncia anônima que leve ao paradeiro da acusada, anote (99) 99168-3433. 

A família de Mauro José Bezerra da Costa está providenciando o traslado do corpo para o sepultamento em Açailândia.


7 comentários:

  1. Essa aí era 22, vagabunda.

    ResponderExcluir
  2. Não tem uma lei João da Penha pra enquadrar essa daí ? Se fosse ao contrário o sempre atuante Ministério Público dos holofotes, Delegacia da mulher, organizações de defesa das mulheres e o diabo a quatro já tinham chamado a imprensa para uma coletiva anunciado a condenação do finado antes mesmo do julgamento. Isso aí ainda é o reflexo do desgoverno do MiNTO e ainda vem muita merda por aí.

    ResponderExcluir
  3. Táticas nazista. Os neonzzistas brasileiros fazendo escola.

    ResponderExcluir
  4. Violência muito grande no MA, resultado do desgoverno do estado sem uma liderança que realmente trabalha...

    ResponderExcluir