Rádio Voz do Maranhão

quarta-feira, 6 de dezembro de 2023

Assaltantes de residências são presos em São Luís; ações criminosas eram comandadas de dentro do presídio

A Polícia Civil do Maranhão cumpriu, nesta quarta-feira (6), seis mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão contra integrantes de uma associação criminosa que atua em roubos a residências na Região Metropolitana de São Luís.

Dos seis mandados de prisão, três foram cumpridos contra suspeitos que já se encontram custodiados no sistema penitenciário do Maranhão.

As investigações apontam que os três homens, que já estavam presos, comandavam, de dentro do presídio, as ações criminosas. Eles passavam informações para seus comparsas praticarem roubos à residência na Região Metropolitana de São Luís.

A Polícia Civil aponta que os integrantes do grupo tinham funções previamente definidas tais como: chaveiro, motorista (piloto) e os que efetivamente realizavam os roubos com emprego de armas de fogo.

Ainda de acordo com as investigações, o grupo criminoso seria responsável pelo roubo de uma motocicleta Honda Bros vermelha, no último mês de outubro, no bairro Rio Anil, além do roubo de um veículo Ecosport no dia 9 de novembro deste ano.

Os outros três mandados de prisão e de buscas e apreensão foram cumpridos nos bairros: Residencial João Alberto, Pirâmide, Vila Conceição e São Cristóvão. Na operação, os policiais conseguiram apreender uma motocicleta com chassi cortado.

Após os procedimentos legais prestados da delegacia, os suspeitos foram encaminhados para o Complexo Penitenciário e ficarão à disposição do Poder Judiciário.

A operação foi realizada pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), em conjunto com a Seccional Oeste.

Segundo a Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), os investigados possuem uma extensa ficha criminal por crimes de natureza patrimonial.

2 comentários:

  1. Era somente pra tomar uma cachacinha! FazuéLe

    ResponderExcluir
  2. No tempo do Bolsocaro os milicianos mandavam de dentro da cadeia mas agora isso vai acabar.

    ResponderExcluir