Rádio Voz do Maranhão

terça-feira, 26 de dezembro de 2023

Homem que matou mulher e a enterrou em cova rasa no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, é preso em Caxias

A Polícia Civil do Maranhão, através da 17ª Delegacia Regional de Caxias, prendeu, nesta segunda-feira (25), um homem que matou a própria companheira, Miranda Martins Silva, no dia 6 de julho de 2020.

O crime ocorreu no Residencial Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís. A vítima estava desaparecida desde o dia 3. Após ser morta, ela foi enterrada em uma cova rasa.

A mulher foi enterrada em uma cova rasa

A ação policial ocorreu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva contra o assassino. À época do crime, ele havia sido identificado apenas como Wagner.

Após os trâmites na delegacia de Caxias, o preso foi encaminhado a uma Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) da Região dos Cocais.

De acordo com informações da polícia, a filha da vítima sentiu sua falta e foi até a residência da mãe. Chegando ao local, ela sentiu um forte odor. 

A prisão foi efetuada por policiais civis da Delegacia
Regional de Caxias

Na residência, o Corpo de Bombeiros realizou a escavação do terreno e localizou, em uma cova rasa, o corpo da mulher já em estado de decomposição. 

No local, os peritos do IML não detectaram nenhuma lesão aparente, mas possivelmente ela foi morta por asfixia.

O casal estaria junto há pelo menos quatro anos. Ambos tinham passagem pela polícia. Ele, de acordo a filha da vítima, fazia tratamento por ser usuário de drogas.

Miranda era mãe dos jovens que mataram dois funcionários de uma prestadora de serviços para a antiga Cemar (hoje Equatorial Maranhão), no dia 15 de janeiro de 2019, no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário