Rádio Voz do Maranhão

quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Membro de facção criminosa morre em confronto com policiais civis em Itinga do Maranhão

Uma megaoperação da Polícia Civil do Maranhão foi deflagrada, na manhã da última terça-feira (16), com a missão de cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva em desfavor de dois homens, investigados pela prática de homicídio ocorrido no município de Itinga do Maranhão, a 616 km de São Luís.

A ação policial teve como base uma investigação que apura o assassinato de Cícero Rodrigo da Silva, ocorrido no último dia 6 de janeiro, no bairro Jardim Planalto. Ele foi morto com vários disparos de arma de fogo efetuados por dois homens encapuzados. Na ocasião, uma mulher que também estava no local, foi atingida por um dos disparos.

As investigações realizadas pela Polícia Civil que o crime teria sido praticado por dois membros de uma facção criminosa, tendo como motivação o fato de a vítima estar comercializando entorpecentes em seu estabelecimento comercial, atrapalhando o comércio de outras bocas de fumo e por não pertencer a facção criminosa dos autores do crime.

No decorrer das investigações, ficou constatado que um dos autores do crime se tratava de um foragido da justiça paraense, que possui dois mandados de prisão em aberto expedidos pela justiça do Pará, pelos crimes de roubo majorado e um roubo mediante sequestro de um empresário no interior, em setembro de 2023. A vítima foi obrigada a realizar transações bancárias via Pix.

Com relação ao segundo suspeito de participação no homicídio de Cícero Silva, a Polícia Civil maranhense descobriu que ele possui três processos criminais na justiça maranhense, todos por tráfico de drogas, sendo dois na Comarca de Imperatriz, com condenação em primeira instância, e um em Itinga do Maranhão, que ainda tramita.

De posse dos mandados de prisão e de busca apreensão, nessa terça-feira, os policiais civis se dirigiram aos endereços dos investigados, no bairro São Sebastião, a fim de cumprirem as decisões judiciais. Assim que chegaram ao imóvel, um dos suspeitos recebeu os policiais a tiros, momento em que se iniciou um confronto.  Um dos policiais civis levou um tiro no pé e, agindo em legitima defesa, revidaram e cessaram a injusta agressão. Durante a troca de tiros, companheira do suspeito foi baleada na região do pé.  Um dos criminosos acabou morrendo ainda no local.

No interior da residência, foram encontrados um revólver calibre .38, com numeração suprimida, um coldre para arma de fogo, duas pedras de crack, 87 porções de crack prontas para venda, o valor de 99 reais trocados e materiais usados para a preparação da droga.

O segundo suspeito fugiu do imóvel antes do cerco policial, devido ao confronto que se iniciou na casa do primeiro investigado. Ao ouvir o barulho da troca de tiros, ele se evadiu em direção a matagal. Na residência dele e da sogra, os policiais localizaram drogas, aparelhos celulares e uma espingarda.

A companheira e a sogra dos dois investigados foram autuadas em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

A força-tarefa contou com a participação de policiais civis Delegacia de Polícia de Itinga, com apoio das Delegacias Regionais de Açailândia e Imperatriz, através do Grupo de Pronto Emprego (GPE), e da Polícia Civil do Estado do Pará.

18 comentários:

  1. Acabou pra bandido, no governo Lula não tem vez pra organizações criminosas, no Maranhão esses bandidos tão se dando mal.

    ResponderExcluir
  2. Ora, mas se ele é amiguinho dos bandidos. Deixa eles matarem e roubarem só pra tomar uma cervejinha

    ResponderExcluir
  3. A maior vontade dos bostanaristas é um dia vê uma prova contra o Lula( mas prova de verdade e não montagem e nem forjadas como fazia o Sérgio merda) que o envolva com bandidos e milicianos, como o MINTO de bosta e seus filhos zeros à esquerda( ou seja, que não valem nada) que para não vê seus nomes entregues a PF armaram a queima de arquivo do ex- capitão do BOPE do RJ que depois de ser expulso da PM, foi acolhido nos gabinetes de Eduardo Bananinha e Flávio Rachadinha. E detalhe, o ex capitão alem de receber do bolso dos abestados cariocas( que aliás, até um tempo atrás idolatravam a família bosta), ainda recebia a comissão pelos trabalhos da milícia comandada pelos bostanaros. Cadeia neles Dinão. O Minto tá querendo fugir novamente 😂😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DECIO ALARGADOR DE ANONIMO17 de janeiro de 2024 às 19:37

      18 ª SUPERINTENDÊNCIA DA POLICIA FEDERAL É NA COHAMA, PEÇA AUTORIZAÇÃO DE RUI PALHANO E VÁ LÁ COM SEU AMIGO IMAGINÁRIO CONTAR TUDO ISSO.

      Excluir
    2. Agora cú alargado é médico psiquiatra, essa desgraça nunca sentou numa cadeira de universidade.

      Excluir
  4. Senhores, se continuar desse jeito, os votos do molusco vão diminuir bastante kkkk.
    Parabéns á polícia!!
    É menos um pra fazer o L kkkkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse fez o B de bostanaro, quem gosta de armas é acéfalo e adorador de miliciano.

      Excluir
  5. Os eleitores do MINTO estão morrendo ou sendo presos.

    ResponderExcluir
  6. O Decio cú largo agora comenta várias vezes, até como Anônimo pra dizer que tem muitos acéfalos como ele, comentando no blog.

    ResponderExcluir
  7. A esquerda perdeu mais esse voto. KKK

    ResponderExcluir
  8. Algum Bostanarista poderia entrar em contato com a louca do Bostanaro para acalma-la? A bicha ficou furiosa depois que o Wlaldemar da Costa Neto, presidente do PL teceu enormes elogios ao primeiro ano de governo de Lula. Fez até a cabeça de MICHEQUE para não dar mais nem um pouquinho para o Waldemar.😂😂😂😂

    ResponderExcluir
  9. Boisonaro tem é que se recolher à sua insignificância, o pior presidente que este país já teve quer concorrer com o melhor, sem chances pra ele. Corre mão vai deixar ele em breve.

    ResponderExcluir
  10. Ei bostarista. Advinham? O cerco da cadeia está na última fase pra vcs. Esse Dinão é o cara mesmo. Ou homem inteligente. Primeiro, arrochou os orelhas secas patriotarios( mais 1800 estão processados e estão sendo mandados para a cadeia pra cumprirem 18 anos de xilindró). Depois foi os financiadores- aqueles empresários otarios que tiraram dinheiro de seus negócios para financiar a ida dos patriotarios( que por sinal pegaram chifres até os pés). Agora a PF começou a buscar os deputados( que aliás, falam metidas igual o Minto) . Então, a taboca vai rachar por completo e não só, no lombo dos orelhas secas😂😂😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DECIO ALARGADOR DE ANONIMO18 de janeiro de 2024 às 16:39

      QUE HORAS É SERVIDA A ÚLTIMA DOSE DE PSICOTRÓPICOS AÍ NA CLÍNICA MUIÉ?

      Excluir
    2. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. A Décia fica doida pra ser enrabada.

      Excluir
  11. A possibilidade de prisão de Bolsonaro é tratada com normalidade na PF.

    “Se a equipe investigativa identificar que Jair, José, Maria, João tem envolvimento em crimes, eles vão ser presos. Qualquer investigado, se tiver provas e se enquadrar nos critérios das prisões vai ser preso, pode ser Jair, João, Maria”, disse uma importante fonte da PF, referindo-se ao ex-presidente como uma pessoa comum e não sujeita à impunidade.
    É bom jair se acostumando e se conformando.

    ResponderExcluir
  12. O Tribunal do Júri em Iporã, no noroeste do Paraná, condenou um homem por atirar contra várias pessoas durante uma discussão depois do resultado das eleições de 2022 - duas das vítimas morreram. O réu foi condenado por porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e dois homicídios qualificados.

    Segundo a sentença, Erick Hiromi Dias terá que cumprir uma pena de 51 anos, 7 meses e 15 dias de prisão.

    Os jurados não reconheceram os crimes de tentativa de homicídio. O caso foi em Cafezal do Sul, noroeste do Paraná, no dia 30 de outubro daquele ano.

    Conforme o Ministério Público, o réu apoiava a candidatura de Jair Bolsonaro e uma das vítimas era apoiadora de Lula.

    Esse patriotário se ferrou.

    ResponderExcluir