Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 12 de janeiro de 2024

Suspeito é baleado durante tentativa de assalto no São Cristóvão, em São Luís; ele foi socorrido em estado grave

Um homem, de identidade não revelada, foi baleado durante uma tentativa de assalto, no início da tarde dessa quinta-feira (11), por volta das 14h20, na Avenida Guajajaras, no bairro São Cristóvão, em São Luís.

Pelas informações, o homem, empunhando uma arma de fogo, tentou assaltar a loja Fênix Lubrificantes, mas houve reação e ele terminou sendo baleado por um homem que estava nas proximidades. Ainda não se sabe se o atirador é vigia do local.

Em um dos vídeos divulgados em grupos de WhatsApp, o suspeito aparece baleado no peito esquerdo, encostado a uma parede, e cercado por policiais e pelo atirador, que ainda empunhava uma pistola. Mesmo ferido, o suspeito tenta se levantar, mas é empurrado novamente contra a parede.

Na sequência, em outro vídeo, o suspeito ferido, ainda consciente, chega a olha para a pessoa que está filmando e volta a ser contido pelos policiais.

Já no último vídeo, o homem aparece deitado, ainda respirando, com a pessoa que está filmando dizendo: “menino de vó, tá deixando vó. É um eleitor de Lula a menos”.

Pelas informações passadas ao blog, o suspeito foi socorrido, em estado grave, e levado para o Hospital Clementino Moura, o Socorrão 2. Ainda não se sabe se ele conseguiu resistir à gravidade dos ferimentos.

13 comentários:

  1. Outra prática usual do clã Bolsonaro é a contratação de funcionários-fantasma. Durante seu último mandato como deputado federal, Jair Bolsonaro empregou pelo menos cinco assessoras que nunca colocaram os pés nas dependências da Câmara dos Deputados.

    O caso mais notório é o de Walderice Santos da Conceição, conhecida como Wal do Açaí, contratada como secretária parlamentar, mas que vivia do comércio de açaí em Angra dos Reis, na rua da casa de veraneio do presidente.

    ResponderExcluir
  2. A Justiça do Trabalho em Mato Grosso condenou um supermercado a indenizar seus funcionários em R$ 150 mil por danos morais coletivos. O réu foi condenado por obrigar os colaboradores a usar camisetas verde e amarelas com os dizeres "Deus, Pátria, Família e Liberdade" como uniforme, durante o horário de trabalho, no período das eleições de 2022.

    Isso sim é ditadura. O abuso por parte desses empresários salta aos olhos!

    ResponderExcluir
  3. Vai roubar dar nisto , tem sorte de sobreviver

    ResponderExcluir
  4. De 2019 pra cá a situação piorou 30 milhões passando fome, alguns foram recrutados pelas milicias.

    ResponderExcluir
  5. As milícias ganharam muita força de 2019 a 2022 quando a maior farsa da política brasileira, por causa de uma facada, foi eleito presidente da República. Um verme incompetente, que levou o país a um caos de ódio, preconceito e violência que deixou resquícios para a atual gestão combater com muita dificuldade. Não vai ser facial eliminar tanta violência. Ainda bem que Dinão chegou no STF para somar com Xandão e Zanão e mandar muros psicopatas pra cadeia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem jeito cara, atacando o bozo, vc não consegue esconder que teu bandido maior apoia a saidinha de presos, apoia motel pra presos, apoia aborto e legalização das drogas. Esse bandido aí só queria tomar uma cervejinha. Vc não sabe sequer o significado de milícia, e outra, quem colocou miliciano no governo, foi o bandido de nove dedos, uma ministra, inclusive. Ainda teve o caso da dama do tráfico circulando livremente por dois ministérios, provando a ligação cabulosa desse governo com o tráfico de drogas. As pessoas que apoia bandido, precisam se tratar

      Excluir
  6. Nesse tipo de caso não era nem pra postar socorro. Tinha que deixar morrer logo.

    ResponderExcluir
  7. BOLSONARO: BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO
    LULA: É PRA TOMAR UMA CERVEJINHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse assim a familicia já seria defunta.

      Excluir
  8. E o PM que estava fazendo bico de segurança da loja, porque não revelam o nome dele. Começa assim: primeiro fazendo bico de leão de chácara, depois formam milícias e depois começam a matar por encomenda. O dedo fica mole e depois viram pistoleiros. Eita que nessa PM tem muito pilantra. Cadeia nós dois Xandão. Um para o ladrao e outra para o PM leão 😂😂

    ResponderExcluir
  9. Lula gasolina R$4,75
    Bostanaro gasolina R$11,00 há 1ano.

    ResponderExcluir
  10. Ei Bostanaristas, vcs parecem papagaio: repetindo todas as merdas que a milícia digital criada pelos zeros à esquerda- os Filhos do bosta- espalha até hoje pra fazer a cabeça de vcs. São um bando de psicopatas e contaminados pelos vírus Cobosta 22. Cadeia neles Dinão.

    ResponderExcluir