Rádio Voz do Maranhão

terça-feira, 28 de maio de 2024

Motoristas de aplicativo fazem protesto contra falta de segurança após assassinato de colega, em São Luís

Motoristas de aplicativo, revoltados com o assassinato de mais um colega de profissão, realizaram, na manhã desta terça-feira (28), em São Luís, uma manifestação pedindo por mais segurança no trabalho. 

O protesto começou em frente à Praça Maria Aragão e percorreu avenidas da região central da cidade.

Os trabalhadores se reuniram em frente à casa da vítima, Tiago Sul Leite, de 35 anos, no bairro Liberdade, onde o corpo está sendo velado.

Pelas informações passadas ao blog, motoristas de aplicativo prometem fazer novos protestos durante e após o sepultamento de Tiago, no fim da tarde desta terça-feira. Um dos pontos do protesto será o Elevado da Cohama, na Avenida Daniel de La Touche.

Tiago foi assassinado na Rua Projetada, no bairro Jardim São Cristóvão, por volta das 20h dessa segunda-feira (27). Ele teve o carro tomado de assalto, sendo morto com uma facada no peito.

Reagiu ao assalto

Segundo o tenente Ferraz, do 6º Batalhão da Polícia Militar, o assalto teria sido anunciado quando o motorista chegou à Rua Projetada. Após se negar a entregar o veículo, Tiago acabou sendo esfaqueado e jogado para fora do veículo. Logo em seguida, o carro da vítima foi levado.

“Os moradores que observaram a situação falaram que esse indivíduo, esse homem, chegou com a mão no peito pedindo ajuda. Ninguém o reconheceu no local e caiu ao solo. Infelizmente, aqui foi detectado o óbito”, afirmou o policial.

O levantamento preliminar revelou ainda que um carro vermelho pode ter dado apoio ao latrocínio que vitimou Tiago Sul.

“Os moradores observaram também um veículo vermelho, modelo Gol, mas não conseguiram precisar a placa. E nesse Gol estavam dois indivíduos, que saíram em alta velocidade. Os moradores ainda seguiram o carro, só que foram ameaçados e retornaram com medo”, revelou o Tenente.

O carro do motorista de aplicativo, modelo Pálio, foi abandonado horas depois no bairro Pindaí, em São José de Ribamar.

O crime está sendo investigado pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Com informações de O Imparcial e Difusora News

.....................

Postagem relacionada:

Motorista de aplicativo é assassinado no Jardim São Cristóvão, em São Luís

4 comentários:

  1. Depois que o Bosta desgovernou o país e desrespeitou as leis, bandidos não tem mais medo de nada. Esse verme liberou armas e incitou a violência.

    ResponderExcluir
  2. Acabou a mamata pra aqueles que fizeram o L, hoje a câmara e o senado derrubaram o veto que beneficiava a saída temporária dos eleitores dele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom que os milicianos não saiam, o Bosta vai perder muitos votos e muitos ainda serão presos.

      Excluir
  3. Pior coisa que aconteceu pro Brasilbfoi a facada fake, elegeram um psicopata, os traficantes se deram bem, espalharam armas pelo país e a violência aumentou.

    ResponderExcluir