Rádio Voz do Maranhão

quinta-feira, 6 de junho de 2024

Filho é preso por ameaçar a própria mãe em São José de Ribamar; ele exigia dinheiro para comprar drogas

Um homem de iniciais L.C.S., conhecido como “Bombado”, de 30 anos, foi preso nessa quarta-feira (5) pela Polícia Civil depois de fazer uma série de ameaças contra a própria mãe, de iniciais C.C.S., de 50 anos, na Avenida Gonçalves Dias, no Centro, em São José de Ribamar.

Ele foi preso pelos crimes de Descumprimento de Medida Protetiva, injúria e ameaça agravados na Lei Maria da Penha.

Segundo informações do delegado, Jardel Alves, o homem foi até o comércio da mãe para pedir dinheiro e comprar drogas.

Contudo, a mãe de “Bombado” afirmou que não daria o valor. Revoltado, ele começou a fazer uma série de ameaças e também vários xingamentos contra a própria mãe no estabelecimento.

Além disso, afirmou de que ficaria pelado no local para poder “espantar a clientela”. Com isso, a mãe não viu outra alternativa e entrou em contato com a polícia que prendeu ‘Bombado’ no local.

Ainda segundo o delegado Jardel, o homem havia saído recentemente do presídio por violência, além de ter também descumprido uma medida protetiva.

Prisão em janeiro de 2022

Em janeiro de 2022, ‘Bombado’ foi preso pela segunda vez, em menos de uma semana, por violência doméstica contra a própria mãe;

Na ocasião, ele se dirigiu à loja da mãe, onde exigiu dinheiro. No local, o suspeito ainda bagunçou e quebrou materiais do comércio, além de ameaçar e insultar a mulher, descumprindo assim uma Medida Protetiva de Urgência.

Na semana anterior, ‘Bombado’ já havia sido preso pela mesma equipe da Delegacia Especial de São José de Ribamar pelos mesmos motivos. A equipe da Polícia Civil, ao tomar conhecimento do fato, fez diligências e o prendeu.

3 comentários:

  1. Bombado? manda bombar nas costas dele.

    ResponderExcluir
  2. Culpa do ladrao de Joais Genocida. Ele quem espalhou tudo de ruim que há no planeta terra, já que é filho do diabo 😬😬😬

    ResponderExcluir
  3. Lei 11.340/062006, aplicada em mais um infrator. Reincidência perde o direito agora irá permanecer por mais tempo sob a mão do estado.

    ResponderExcluir