sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Governador Flávio Dino acompanha início da construção da ponte Central/Bequimão na próxima terça-feira (27)

O projeto prevê a construção de uma ponte com vigamento em aço e laje em concreto armado sobre o Rio Pericumã, com extensão de 589 metros, interligando os municípios de Bequimão e Central do Maranhão.
O governador Flávio Dino estará na cidade de Bequimão na próxima terça-feira (27) para acompanhar o início da obra de construção da ponte sobre o Rio Pericumã, ligando o município à cidade de Central. O anúncio foi feito pelo próprio governador no twitter.

“Na próxima semana vamos iniciar a obra da ponte Central/Bequimão, com a chegada das primeiras máquinas. Sonho de muitos anos na região”, disse o governador.

Para Flávio Dino, a ponte interessa diretamente a 10 municípios e vai dinamizar atividades econômicas com pesca e turismo.

O projeto prevê a construção de uma ponte com vigamento em aço e laje em concreto armado sobre o Rio Pericumã, com extensão de 589 metros, interligando os municípios de Bequimão e Central do Maranhão, viabilizando o acesso das cidades de Mirinzal, Guimarães, Cedral, Cururupu, Porto Rico, Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum-Açu.

A ponte terá estrutura mista, composta de concreto e aço e com vigas metálicas. Al de encurtar outros caminhos da Baixada, diminui em 32 km o trecho até a MA-106, que leva ao Cujupe. Assim, moradores dos municípios de Bequimão, Central do Maranhão, Mirinzal, Guimarães, Cedral, Cururupu, Porto Rico, Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum-Açu terão o trajeto até à capital reduzido.

A obra será executada pelo Consórcio Epeng/ FN Sondagens que foi a  licitante vencedora do certame com a proposta mais vantajosa de R$ 68.342.637,42.

A licitação para contratação de empresa especializada para construção da Ponte foi lançada em abril desse ano, com valor total estimado em R$ 75.759.094,32.  Na primeira sessão pública, foram credenciadas as empresas Sultepa Construções e Comércio Ltda, o Consórcio Epeng-FN Sondagens e a Construtora Gaspar S/A.

Durante a análise dos documentos de habilitação, foi habilitado o Consórcio, que também apresentou a proposta de preço mais vantajosa e dentro dos critérios estabelecidos no edital de licitação.

Um comentário:

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...