Emap

Intervenções no trânsito

Intervenções no trânsito

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Suspeito de assassinar o maranhense Yago está preso na 5ª Delegacia de Polícia de Brasília

Lucas Albo foi levado para a DP que investiga o assassinato do DJ. Ele já tinha a prisão decretada pela Justiça e estava foragido
Lucas Albo está preso em Brasília
Mirelle Pinheiro
do site Metrópoles

Lucas Albo de Oliveira, suspeito de matar o DJ Yago Linhares Sik, 23 anos, após uma festa no Conic, se apresentou nesta quarta-feira (5/7) e está preso na 5ª Delegacia de Polícia (área central), onde presta depoimento. Ele já tinha a prisão decretada pela Justiça e era considerado foragido.

Uma hora antes, por volta das 12h20, o pai de Lucas esteve na delegacia para ajudar na apresentação do filho. Segundo o tenente Belino, Pedro José de Oliveira Neto foi parado em uma blitz e pediu para ser levado à DP. Ele acabou liberado em seguida, uma vez que o delegado e o advogado de Lucas estariam conversando para que o jovem se entregasse. O homem foi parado em uma blitz e, sem documentos do veículo, chorou e contou ao policial que o filho era procurado por homicídio.

Assim que a informação de que o pai de Lucas estava na delegacia foi divulgada, amigos e parentes de Yago começaram a chegar. “Ele morreu porque foi salvar a nossa amiga. Ele não gostou de vê-la sendo agredida e tomou uma iniciativa”, disse uma colega da vítima.
Imagens de câmeras de segurança mostram o exato momento em que Yago foi assassinado no domingo (2). Armado, Lucas se aproxima e, depois de tentar agredi-lo, faz os disparos. O rapaz atingiu a vítima com três tiros após uma discussão por conta da ex-namorada.

O nome de Lucas já era apontado por familiares de Yago como o responsável pelo homicídio. Parentes e amigos divulgaram a imagem do acusado com o objetivo de ajudar a polícia nas diligências em busca dele.

Ainda de acordo com parentes da vítima, Lucas estava agredindo a ex-namorada dentro da festa 5uinto e Yago teria tentado defender a moça. Expulso da festa por seguranças, o suspeito teria voltado às 6h e esperado o jovem sair do evento para matá-lo. Após a divulgação das imagens, Lucas apagou os perfis que mantinha em mídias sociais.

Nesta segunda (3), amigos e parentes de Yago Linhares fizeram um ato no Parque da Cidade para relembrar a vida do jovem e pedir justiça. O corpo dele foi encaminhado para São Luís (MA), onde moram a mãe, o pai e o irmão.

Veja o vídeo do momento em que o DJ é atingido por tiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...