Mais Asfalto

Mais Asfalto

Feirinha Prefeitura

Feirinha Prefeitura

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

“Choque de capitalismo” de Roberto Rocha não chegou nem à Rádio Capital; funcionários continuam com salários em atraso

do Blog Marrapá

O senador Roberto Rocha (PSDB) perdeu a oportunidade de ficar calado ao cobrar do governador Flávio Dino (PCdoB) um “choque de capitalismo” em sua gestão. Logo ele, que não respeita os meios de produção e, principalmente, o trabalho assalariado, a exemplo da situação vivida por funcionários da Rádio Capital AM.

O capitalismo é baseado na propriedade privada e na sua operação com o objetivo de obter lucro, algo que não é visto há muito tempo na emissora de “Asa de Avião”. Pelo menos não tem sobrado dinheiro para bancar os salários dos funcionários e a energia do prédio da rádio.

Em outubro, fez um ano que os funcionários estão com os pagamentos atrasados, até férias não são quitadas. Segundo o jornalista Gilberto Lima, também não há recolhimento de FGTS e INSS. Para completar o cenário de falência, palavra mais temida no capitalismo, a Cemar cortou o fornecimento da emissora por conta de uma dívida de 10 mil reais.

Paralelo a isso, Roberto ainda espera ser beneficiados com a aprovação do texto do novo Refis — programa de parcelamento de débitos tributários e previdenciários concedido com descontos generosos de juros e multas. Ele deve mais de R$ 3 milhões a União em dívidas de pessoa física e jurídica relacionadas à emissora da família Rocha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...