Emap

Intervenções no trânsito

Intervenções no trânsito

domingo, 12 de novembro de 2017

Covardia! Irmão do prefeito de Pinheiro espanca mulher impiedosamente, paga fiança e está livre

A ocorrência foi registrada às 2h34 deste domingo (12), no Plantão do Cohatrac. Ele pagou fiança de R$ 4.685,00 e foi posto em liberdade pelo delegado Valber Braga.
Lúcio André Genésio espancou a ex-esposa impiedosamente
O irmão do prefeito de Pinheiro, movido por ciúme doentio, voltou a atentar contra a vida de sua ex-mulher, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva.

A sessão de espancamento ocorreu na noite de sábado (11), após um jantar que seria mais uma tentativa de reconciliação. Lúcio André Silva Soares forçou a vítima a postar foto do casal em suas redes sociais, obrigando-a, ainda, a lhe entregar seu celular. O objetivo seria verificar a existência de conversas com algum outro homem.

A mulher chegou a postar apenas uma foto das mãos do casal, mas se recusou a entregar o aparelho. De imediato o agressor, pediu a conta e informou que a deixaria em casa.
Após pagamento de fiança, o agressor foi liberado
Na saída do restaurante, que fica na área da Lagoa da Jansen, ele tirou à força o celular da bolsa de Ludmila, passando-a a espancar até a residência dela, localizada na Cohama, onde a expulsou do carro a chutes.

Após empurrar a vítima pra fora do veículo, que estava sem forças para pedir socorro, acelerou o carro com a intenção de atropelá-la, tendo sido impedido por uma vizinha, que o agressor acreditou ser agente de Polícia.
Outros vizinhos, ao perceberem as agressões, efetuaram a prisão em flagrante de Lúcio André Genésio, que prometeu matar a vítima. 

A ocorrência foi registrada às 2h34 deste domingo (12), no Plantão do Cohatrac. Ele pagou fiança de R$ 4.685,00 e foi posto em liberdade pelo delegado Valber Braga.


A vítima se encontra hospitalizada, recuperando-se lentamente de todos os traumas físicos, mas sem previsão de recuperação dos traumas psicológicos causados pela agressão covarde.

Em 2016, Lúcio André Genésio já havia espancado Ludmila que estava grávida de cinco meses do filho do casal, na cidade de Pinheiro/MA, onde seu irmão, Luciano Genésio, é prefeito.

Será que esse caso ficará na impunidade?


10 comentários:

  1. Covardia é pouco! Desgraçado, filho do capeta. Um cara desses ficar solto????? Inacreditável! Olhem as fotos da moça, gente, vejam como ela ficou ! O que mais precisa acontecer para manter um agressor na cadeia ??? Isso é lamentável.

    ResponderExcluir
  2. Se fosse o seu zé ou seu Chico estaria recolhido em pedrinhas por lesão corporal grave e tentativa de homicídio e seu chevet ou o fisca estaria recolhido no detran.

    ResponderExcluir
  3. Que tristeza! Até quando???

    ResponderExcluir
  4. Gilberto onde está a comissão de direitos humanos da OAB, que não sai em defesa dessa advogada ? As ongs de defesa da mulher onde estão ? Será o pau que da em Chico e mesmo que da em Francisco?

    ResponderExcluir
  5. O delegado foi comprado!! O cara já tem passagem pela polícia, pego em flagrante e não foi apenas lesão corporal! Ele tentou MATAR a mulher! Era tentativa de homicídio! Quem estava presente, viu tudo! Como ele paga fiança e vai embora? DELEGADO SAFADO

    ResponderExcluir
  6. Cadê o judiciário do Maranhão?....sao todos corruptos e covardes.

    ResponderExcluir
  7. Não existe justiça nesse país para aqueles que têm dinheiro.

    ResponderExcluir
  8. Meu Deussss que absurdo,e essa lei da Maria da penha, não funciona pra esseser canalhas que tem dinheiro , que absurdo! !!

    ResponderExcluir
  9. Tomara que essa Ludmila tenha uns patentes loucos para quebrar os dentes desse.filho da puta!

    ResponderExcluir
  10. Vagabundo,vagabundo filha da puta,covarde e tudo mais.Vai disputar com um homem pai a pai seu covarde vai arder no inferno

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...