Rádio Voz do Maranhão

segunda-feira, 4 de junho de 2012

O sofrimento da população para marcar consultas e exames em hospitais públicos


Apesar da inauguração de dezenas de unidades de saúde em vários municípios do Maranhão, boa parte da população continua enfrentando dificuldades para marcação de consultas e exames.

Bianca Lima, leitora do blog, acaba  de enviar fotos que mostram o drama de dezenas de pessoas na fila de marcação de consulta no Hospital Universitário Presidente Dutra, no centro de São Luís. São maranhenses que se vem obrigados a dormir ao relento, embrulhados em cobertores, na esperança de conseguir marcar consultas. Entre aos que dormem na fila, observa-se a presença de idosos e crianças.

— Isso é um absurdo! pessoas adultas, idosas, crianças e deficientes físicos deitados ao chão de calçadas, às 21 horas de domingo, em filas, na busca da esperança em conseguir marcar consultas e exames no hospital Dutra. Uma vergonha! — desabafa, indignada, Bianca Lima.

Na verdade, esse é apenas o começo do sofrimento para quem buscar algum tratamento pelo SUS. Da marcação de uma consulta até o início do tratamento, demanda um tempo grande. Em alguns casos, em que o paciente  de algum tipo de procedimento cirúrgico, a espera pode chegar até a quatro meses. Muitos terminam morrendo antes de passar por uma cirurgia. Infelizmente, é essa a realidade desse nosso Brasil.


Nenhum comentário:

Postar um comentário