Rádio Voz do Maranhão

segunda-feira, 31 de julho de 2023

Jovem de 13 anos é morta no lugar do irmão por causa de briga de facção em Imperatriz

Uma adolescente, de 13 anos, foi assassinada no lugar do irmão dentro da própria casa, em meio a uma briga entre facções rivais em Imperatriz, no Sudoeste do Maranhão. As informações são preliminares e fazem parte da investigação da polícia sobre o caso.

O crime aconteceu na madrugada do último sábado (29), no bairro São José, e teve como vítima uma jovem identificada apenas como Suelen. Ela era irmã de outro jovem, identificado como Samuel, que seria o alvo de uma facção criminosa.

No entanto, segundo a polícia, os criminosos armados não encontravam Samuel em casa. Por causa disso, decidiram matar Suelen, que estava dormindo em um quarto junto com os pais e um irmão mais novo. Ela recebeu vários tiros, que também atingiram o pai da vítima, que foi levado em estado grave ao hospital.

Após o crime, os autores do assassinato fugiram e ainda não foram encontrados. A Polícia Civil investiga se Suelen teria participação em alguma facção criminosa, mas a princípio a morte aconteceu apenas por causa pelos problemas de Samuel com o crime organizado.

Outros assassinatos na cidade

No dia anterior, Imperatriz já havia registrado quatro assassinados no feriado de Adesão à Independência. Só no bairro Ayrton Sena foram três mortes durante um tiroteio.

Uma das vítimas foi João Vitor, que foi levado às pressas para o hospital municipal, após ser baleado no bairro São José. Ele estava caminhando na rua, quando dois homens se aproximaram e fizeram vários disparos. O rapaz foi socorrido por um veículo particular, mas morreu logo após dar entrada no hospital.

Na sexta-feira (28), três homens foram mortos em um depósito de bebidas, no Parque Santa Lúcia. As vítimas foram foram identificadas como Geovane Miranda de Almeida, de 34 anos, conhecido como “Menor G”, que seria o principal alvo dos atiradores; Celso Bezerra Parreira, conhecido como “Celso Pintor”, de 47 anos, que não era alvo dos criminosos e estava no local apenas para comprar bebida; e Rogério da Silva Luiz, de 60 anos, proprietário do estabelecimento, atingido por uma bala perdida na costela.

7 comentários:

  1. A "CERVEJINHA" TÁ SAINDO DO CONTROLE!

    ResponderExcluir
  2. As milicias tem armas liberadas pelo ex capeta.

    ResponderExcluir
  3. Décio do cú arrombado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá nervosa MUIÉ!? NAO DÁ PRA DEFENDER MAIS NÉ!?

      Excluir
    2. Tu vai é preso ! Esses crimes na região Tocantina são novidades?
      Cara, tu é muito burro, não consegue compreender nada, não tem capacidade de fazer uma análise. Passa o dia todo falando de cervejinha, vai trabalhar vagabundo!

      Excluir
    3. Posso fazer uma observação...OLHA A CERVEJINHA!!

      Excluir
  4. No governo passado mataram até vereadora no RJ, mas vão descobrir quem mandou.

    ResponderExcluir