Rádio Voz do Maranhão

terça-feira, 25 de julho de 2023

Repórter da Band para Bolsonaro antes de falar sobre Marielle: “o senhor está entre amigos”

Diálogo gravado em vídeo flagra o jornalista Caiã Messina antes de entrar no ar tranquilizando e bajulando o então presidente; veja aqui

Caiã Messina ajeita a gravata de Bolsonaro

Imagens da TV Bandeirantes que não foram ao ar – e conseguidas com exclusividade pelo DCM – mostram o jornalista Caiã Messina, da redação de Brasília, bajulando o então presidente Jair Bolsonaro (PL) poucos minutos antes de gravar uma entrevista exclusiva com ele em 30 de outubro de 2019.

Na conversa, o jornalista diz a Bolsonaro ele está “entre amigos”, e que tanto ele quanto o cinegrafista haviam votado no ex-presidente nas eleições de 2018.

A entrevista, que foi ao ar naquele mesmo dia, foi concedida por Bolsonaro durante viagem a Jerusalém. O ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, Mauro Cid, que está preso pela PF, aparece o tempo todo.

“Quem liberou foi o “seu Jair”

A TV Globo havia acabado de veicular informações sobre as investigações a respeito do assassinato de Marielle Franco, ocorrido um ano antes. O Jornal Nacional mostrou o porteiro do condomínio Vivendas da Barra implicando Bolsonaro no caso.

No dia do crime, Élcio Queiroz, comparsa de Ronnie Lessa, que também morava no local, esteve no condomínio. Segundo o porteiro disse à Polícia Civil do Rio de Janeiro na época, Queiroz, na hora de se identificar na portaria, disse que iria para a casa 58, de Bolsonaro. O funcionário declarou em depoimento que quem liberou a entrada teria sido o “seu Jair”.

Bolsonaro passou a entrevista quase toda criticando a Globo e o então governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PMB).

Veja abaixo a transcrição do diálogo de Messina com Bolsonaro antes da entrevista:

Caiã Messina (Jornal da Band): Antes de começar eu quero dizer para o senhor o seguinte: o senhor está entre amigos. Eu tenho vergonha, como jornalista (do vazamento de trechos da investigação na TV Globo), eu e o D* (apontando para o cinegrafista) votamos no senhor. O pessoal conhece meu trabalho.

Caiã Messina fala da suposta elegância de Bolsonaro, arruma sua gravata, questiona se Bolsonaro havia conseguido “descansar um pouquinho” e, finalmente, dizendo:

Caiã Messina: Então, o senhor fica tranquilo. As perguntas que eu vou fazer é mais para que o senhor esclareça.

Jair Bolsonaro: Tá certo, eu tenho uma narrativa aqui. Posso Falar da rede Globo?

Caiã Messina: Pode falar o que o senhor quiser. A entrevista é do senhor.

Assista ao vídeo abaixo:

13 comentários:

  1. se fosse por puxar saco gilberto, as suas mãos já tinham deixado flavio dino sem testiculos kkk

    ResponderExcluir
  2. Eita que o Mito de Bosta tá quase louco tentando saber a íntegra da delação premiada do Êlcio de Queirós, já que a PF e o MP não divulgaram todo o conteúdo. Os filhos do Mito de Bosta ladrao de Joias - os famosos zeros a esquerda- também estão desesperados pra saber se o delator vomitou o nome deles. Pega eles Dinão😂👆

    ResponderExcluir
  3. Esse vagabundo Bostanaro tá se cagando de medo porque o negócio tá aperriado pra família dele, esses Bosta Filhos sao todos enrolados com bandalheiras.

    ResponderExcluir
  4. Micheque, Marielle, Rony Lessa, 8 de Janeiro, Pastores com Ouro, Rachadinhas, CID, Joias das Arábias, 51 Mansões, Motociatas, Golpistas, Ataques à Democracia,
    Incitaçãoao Ódio..... cansei.

    ResponderExcluir
  5. Eita isso é amor pelo Bozo ou medo dele? kkkkkkk Calma galera, ele voltará em breve e o ladrãozinho de vcs irá voltar pra cadeia. O $istema deixou muitos rastros e não adianta cortinas de fumaça, em breve a casa vai cair. Aguardem!

    ResponderExcluir
  6. Só cú arrombado que acredita que o Bosta vai voltar.

    ResponderExcluir
  7. já viram falar em ex ladrão

    ResponderExcluir
  8. Esse Bostanaro é o maior pilantra do Brasil e tem muitos cúmplices, os ricos que apoiamc ele querem escravizar os pobres. Pobre no Brasil é quem tem menos de 2 milhoes em conta mas tem uns que compram um corolla e já se acham.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi falar de pessoas condenadas injustamente.

      Excluir
  9. Babaca e tu babar o EX presidiário pode né ... jornalistazinho ZÉ ROELA.

    ResponderExcluir