Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 11 de agosto de 2023

Mulher que vendia brigadeiros à base de maconha é presa em Imperatriz

A Polícia Civil do Maranhão, em uma ação realizada no município de Imperatriz, na tarde dessa quinta-feira (10), conseguiu prender em flagrante uma mulher que comercializava brigadeiros feitos com maconha. A comercialização ilegal foi descoberta pela Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) de Imperatriz.

A delegada Jessica Ingrid, titular da delegacia especializada, disse que a mulher fazia ampla divulgação do comércio ilícito nas redes sociais utilizando logomarca, postagens dos efeitos do uso do produto bem como entregava pessoalmente o produto solicitado por seus clientes e também através de aplicativos de entrega.

Nas redes sociais onde divulgava os produtos, a autuada explicava que os efeitos de ingerir a maconha, invés de fumar, poderiam ser um pouco mais lentos para começar, mas seriam muito mais intensos e duradouros. Ela prevenia, ainda, que caso os clientes estivessem ingerindo o doce com THC pela primeira vez, tivessem “cuidado com a dose”.

Durante a ação policial, os policiais civis apreenderam 11 brigadeiros produzidos com maconha, 1 (um) pote contendo substância pastosa à base de maconha utilizada no preparado dos “doces”, 1 (uma) porção da droga, balança de precisão e caderno com a contabilidade das vendas.

Diante dos fatos, a mulher recebeu voz de prisão em flagrante, sendo conduzida à Delegacia de Repressão ao Narcotráfico para os devidos procedimentos legais, encontrando-se à disposição da Justiça.

2 comentários:

  1. O BR ainda está muito atrasado em relação a outros países vizinhos e no mundo, essa repressão a uma planta medicinal é pura ignorância.🍁💚🙏🏼

    ResponderExcluir
  2. Pois é. Se eu quiser, passo na farmácia compro um xarope pra tosse e fico doido do mesmo jeito kkkkkk. Qual é a diferença?????

    ResponderExcluir