Rádio Voz do Maranhão

sábado, 19 de agosto de 2023

Tenente da PM que matou homem e feriu mais duas pessoas se entrega à polícia em São Luís; ele é considerado incapaz para o serviço militar

Leandro Maluf Gomes se apresentou na sede do Comando Geral da PM , na tarde dessa sexta (18). Lotado no 40º BPM, o tenente está incapaz definitivamente para o serviço ativo da PMMA, segundo parecer da avaliação de saúde para reforma.

O tenente Leandro Maluf Gomes, da PM do Maranhão, que matou um homem ainda feriu outras duas pessoas em uma padaria, no bairro Araçagy, em São José de Ribamar, entregou-se à polícia na tarde dessa sexta (18). O ataque criminoso ocorreu na manhã do último sábado (12).

As vítimas foram José Antônio Rodrigues Cordeiro, de 37 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu; e Josefina França Lima dos Santos, de 37 anos, baleada na coxa. 

Após o crime, a Polícia Militar do Maranhão abriu um processo administrativo de deserção contra o tenente, mas ele foi encerrado porque Leandro Maluf se apresentou na sede do Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão, em São Luís.

De acordo com Ivaldo Rodrigues, subcomandante-geral da PM, um outro processo administrativo foi aberto para apurar a conduta do policial, que já foi afastado do serviço operacional.

“O processo que foi aberto na Polícia Militar é exatamente uma sindicância para apurar o desvio de conduta do tenente. Ele vai ter todo o direito da ampla defesa, até porque nós não podemos abrir um inquérito policial militar já que ele trata exatamente do crime militar. E se esse caso realmente for confirmado, não se trata de um crime militar. Deve ser apurado pela Polícia Civil”, disse Ivaldo.

O tenente Leandro Maluf Gomes possui histórico de violência. Contra ele, constam ocorrências de ameaça e violência doméstica. Ele também já foi preso por dirigir embriagado.

Incapaz para o serviço militar

De acordo com uma ata da Junta Militar de Saúde (JMS), a que o blog do Gilberto Lima teve acesso, datada de 26 de junho deste ano, o tenente Leandro Gomes, lotado no 40º BPM, está incapaz definitivamente para o serviço ativo da PMMA, sem data de retorno, segundo parecer da avaliação de saúde para reforma.

O crime

De acordo com informações da Polícia Civil do Maranhão, Leandro Maluf Gomes aterrorizou frequentadores de uma padaria ao apontar uma arma para os clientes, antes de se dirigir a um bar onde atirou em um homem. Os relatos de testemunhas indicam que, na ocasião, ele apresentava um comportamento alterado.

As vítimas foram identificadas como José Antônio Rodrigues Cordeiro, de 37 anos, que não resistiu aos ferimentos, após ser atingido na região das costas, e Josefina França Lima dos Santos, também de 37 anos, baleada na coxa e já sem risco de vida. A terceira vítima não teve a identidade revelada.

A polícia conseguiu reconhecer o possível autor do crime a partir de imagens das câmeras de segurança e da placa do carro utilizado pelo PM, uma caminhonete branca.

O inquérito do caso está sob a responsabilidade da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), comandada pelo delegado George Marques.

Marques ressaltou a importância de entender os motivos por trás do ataque, dado o comportamento errático do suspeito, que alegadamente se apresentava como policial armado fora do ambiente de trabalho.

“As pessoas estão se perguntando o que aconteceu; o que motivou este indivíduo a abordar algumas pessoas se dizendo policial armado, aparentemente embriagado. Então, tudo isso são dúvidas que a Polícia Civil tem e que, para a gente, o objetivo é esclarecer o mais rápido possível”.

Com informações do g1 MA

........................

Postagens relacionadas:

— Duas pessoas são baleadas em padaria no bairro Araçagy, em São José de Ribamar

— Tenente da PM é o autor do duplo crime com morte em padaria no Araçagi

Justiça já deu habeas corpus para tenente autor do duplo crime com morte em padaria no Araçagi; ele está com prisão decretada e foragido

3 comentários:

  1. Se fosse o PM morto, seria morte aos civis! Agora deveriam ter matado esse bandido que agora se faz de louco! Eita justiça!

    ResponderExcluir
  2. pior de tudo é quantos bandidos desse está com essa farda pintando e bordando dentro da polícia militar...por isso que eu tenho mais medo deles do que dos bandidos em si.

    ResponderExcluir