Rádio Voz do Maranhão

segunda-feira, 18 de setembro de 2023

Diretor de UPA é afastado após acusação de agressão contra ex-namorada em São Luís

Júlio Gonçalves Reis, diretor-geral da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga, foi afastado de seu cargo pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) após ser investigado por suposta agressão física à sua ex-namorada, Bárbara Pestana, no último sábado, 16, em São Luís.

De acordo com Júlio Reis, ele havia tido um envolvimento com Bárbara Pestana cerca de um ano atrás, mas ela não teria aceitado o término da relação e começou a fazer ameaças ao casal após descobrir que ele estava namorando outra mulher.

No sábado, ele concordou em se encontrar com Bárbara, na presença de sua atual namorada, o que resultou em um confronto, segundo ele, entre as duas mulheres e nas alegadas agressões físicas contra Bárbara, conforme relatado nas redes sociais.

Júlio Reis negou veementemente as acusações, afirmando que nunca agrediu ninguém, especialmente uma mulher. Ele registrou uma ocorrência policial e tomou todas as medidas necessárias após o incidente, incluindo exames de corpo de delito. Nas redes sociais fez a seguinte postagem:

A Polícia Civil do Maranhão está investigando o caso por meio da Delegacia Especial da Mulher (DEM) de São Luís, que registrou o boletim de ocorrência, solicitou uma medida protetiva de urgência e conduz as investigações em andamento.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que Júlio Reis permanecerá afastado do cargo de diretor-geral da UPA do Itaqui-Bacanga até que as investigações sobre o caso sejam concluídas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário