Rádio Voz do Maranhão

sábado, 9 de setembro de 2023

Crueldade: Jovem autista é morto a pauladas em área de mato da Infraero, em São Luís

O corpo de um jovem, identificado como Alison David Barbosa da Cruz, de 20 anos, foi encontrado, nessa sexta-feira (8), em um matagal da área da Infraero, nas proximidades da Rua do Muro, no bairro Vila Cascavel, em São Luís.

Davi foi morto a pauladas e o corpo foi abandonado pelos criminosos. Segundo a família, ele era autista e fazia tratamento, com uso de medicamentos.

Pelas informações, Davi, que residia na Rua 5, no Conjunto São Raimundo, estava na Expoema, na quarta-feira (6), juntamente com o pai e as irmãs. De lá, seguiram para uma pizzaria. Na volta para casa, ele seguiu à frente e se escondeu das irmãs, retornando para a Expoema. Ele foi visto pela última vez por volta das 23h na região da Vila Cascavel.

Pelas informações passadas à família, o jovem teria sido espancado por cerca de cinco homens e levado para a área de mato da Infraero, por volta das 3h. Ele estava bastante machucado e era carregado por dois homens, sendo que mais três seguiam na frente.

Davi Correa era natural do município de Vargem Grande, mas a família decidiu morar em São Luís por causa do tratamento do jovem.

O corpo foi sepultado na manhã deste sábado (9), por volta das 10h, em Vargem Grande.

Ainda não sabe o que teria motivado a execução de Davi. A área onde ocorreu o crime é dominada por facção criminosa.

A área de matagal da Infraero, ao longo dos anos, tem sido usada por criminosos para a execução de desafetos.

O crime está sendo investigado pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). A família promete lutar por justiça e espera que a polícia consiga identificar e prender os autores do crime.

17 comentários:

  1. Quanta maldade .que Jesus volte logo pra acabar com essa raça

    ResponderExcluir
  2. O "amor" está no ar desde janeiro.

    ResponderExcluir
  3. O amor venceu lula e brandão quer que o maranhão e o brasil se ferre de Janeiro pra cá as coisas só pioraram

    ResponderExcluir
  4. Vai ficar por isso mesmo nesse país não tem justiça aqui mesmo nesse estado abandonado que não vai ter já já cai no esquecimento esse caso

    ResponderExcluir
  5. Esse pós desgoverno do larápio das joias vai ser assim mesmo, passou 4 anos incentivando violência.

    ResponderExcluir
  6. PQ SERÁ QUE OS BANDIDOS DE DENTRO DA CADEIA COMEMORARAM A ELEIÇÃO DESSE TURISTA QUE HOJE ESTÁ NA PRESIDÊNCIA?

    ResponderExcluir

  7. Delação de Mauro Cid cria ambiente de grande apreensão no entorno de Jair Bolsonaro
    Colaboração do ex-ajudante de ordens do ex-presidente no âmbito do inquérito das milícias digitais foi homologada neste sábado (9) pelo ministro Alexandre de Moraes.

    A delação premiada do ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL), tenente-coronel Mauro Cid, homologada neste sábado (9) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre Moraes, ampliou o ambiente de apreensão no entorno mais próximo do ex-presidente. A decisão de Moraes de homologar a colaboração de Cid foi antecipada pelo blog.




    O temor de que Cid mudaria de posição aumentou quando o advogado Cezar Bittencourt assumiu a defesa do tenente-coronel. A perceção é de que Cid decidiu mudar de postura e retirar a blindagem que mantinha a Bolsonaro com seu silêncio quando as investigações chegaram ao pai do ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, o general da reserva Lourena Cid.


    A maior preocupação com a homologação da delação é que a colaboração de Cid se dará no inquérito que investiga a existência de milícias digitais, uma investigação mais ampla que o caso das joias ou o caso das fraudes em cartões de vacinação.

    O primeiro sinal de pânico no entorno bolsonarista foi sentido quando Cid deu um longo depoimento à PF sobre a visita do hacker Walter Delgatti ao então presidente Jair Bolsonaro em agosto do ano passado. Foi ali que acendeu o sinal amarelo de interlocutores de Bolsonaro. Na semana passada, o ex-presidente e Michelle Bolsonaro, sua esposa, ficaram em silêncio ao prestar depoimento à PF no caso das joias já temendo serem desmentidos por Mauro Cid.

    O bicho vai pegar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se gritar pega ladrão...

      Excluir
    2. Não existe delação até pq não tem nada pra delatar, se fosse, a Globe já teria divulgado. kkkk Não adianta, o Bozo não será preso por causa de 11 mil reais de uma coisa que a legislação o favorecia

      Excluir
  8. Bolsocaro=atraso de 20 anos pro Brasil.

    ResponderExcluir
  9. Tudo o povo bota política no meio!!!

    ResponderExcluir
  10. Lula comendo bebendo e viajando bem as custas dos brasileiros e quem votou nele não pode comer um farofão de ovo porque não tem como comprar com o bolsa família cancelado

    ResponderExcluir
  11. Lula até 2030, adeus milícias no governo, chora patriotario.

    ResponderExcluir
  12. Lula, Dinao e Xandão, o tripé pro desenvolvimento.

    ResponderExcluir
  13. Decio cú alargado nas motociatas, o chorão Bolsominion.

    ResponderExcluir
  14. Meu Deus não consigo nem imaginar a dor d toda família....q Deus os conforte

    ResponderExcluir