Rádio Voz do Maranhão

segunda-feira, 11 de setembro de 2023

"PF já tem conhecimento dos fatos e adotará providências", afirma Dino diante fake news sobre tragédia no RS; alvos são os bolsonaristas Gustavo Gayer e Alexandre Garcia

 Bolsonaristas tentam atingir o governo federal com mentiras sobre as causas e o apoio dado aos gaúchos afetados pelas fortes enchentes no estado

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB), confirmou que a Polícia Federal tomará providências contra disseminadores de fake news sobre a tragédia que atingiu o Rio Grande do Sul. Fortes chuvas e enchentes no estado já deixaram 46 mortos, além de 4.794 desabrigados e 20.490 desalojados.

"Reitero que fake news é crime, não é 'piada' ou instrumento legítimo de luta política. Esse crime é ainda mais grave quando se refere a uma crise humanitária, pois pode gerar pânico e aumentar o sofrimento das famílias. A Polícia Federal já tem conhecimento dos fatos e adotará as providências previstas em lei", publicou Dino no X, antigo Twitter.

O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Paulo Pimenta (PT), celebrou: "muito bom, Flávio Dino! Não vamos permitir pessoas sem escrúpulos disseminarem mentiras nesse momento de dor!".

Um dos vídeos com desinformação, compartilhado inclusive pelo deputado federal bolsonarista Gustavo Gayer (PL-GO), foi gravado pela médica Samara Baum. Ela alegava que doações enviadas ao Rio Grande do Sul estariam sendo retidas para aguardar a chegada do presidente Lula (PT) ao estado, com o objetivo de "fazer fotos, vídeos e publicações em cima das doações”.

Outro vídeo que ganhou visibilidade partiu do jornalista bolsonarista Alexandre Garcia, que tentou jogar a culpa pelas enchentes no Rio Grande do Sul sobre o governo federal, alegando que barragens de represas construídas por governo petista foram abertas de propósito para inundar o estado. A declaração causou revolta nas redes sociais.

5 comentários:

  1. E muita perseguição desse sistema corrupto, o em graçado e quem era pra tá preso ,era esse ministro da injustiça deu sumiço nas gravações das fitas

    ResponderExcluir
  2. Esses bostanaristas fanáticos e revoltados com o ponta pé que o povo brasileiro deu na bunda do ídolo deles - o MINTO de bosta ladrao de joias- não têm jeito mesmo. Nem cadeia expurga o doído que corre nas vaias deles. São tão nojentos que até das tragédias naturais, com mortes de dezenas de pessoas, aproveitam para disseminar o doído e deboche. Aliás, violência, terror, medo e insegurança são combustível para eles. Não é à toa que são conhecidos por terroristas. Cruz credo.

    ResponderExcluir
  3. Isso é terrorismo, é brincar com a desgraça alheia, esses acéfalos, Bostanaristas não tem filtros, haja falta de bom senso.

    ResponderExcluir