Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 8 de setembro de 2023

Professora é assassinada a tiros pelo ex-namorado em Governador Archer

A professora foi morta a tiros pelo ex-namorado, que está foragido

Uma professora, identificada como Maria Arlete do Carmo Ramos, de 23 anos, foi assassinada a tiros, na noite dessa quinta-feira (7), por volta das 23h, em Governador Archer, a 325 km de São Luís.

O autor do crime, identificado apenas como Railan, de 25 anos, era seu ex-namorado. Eles tinham terminado o relacionamento que durou apenas um mês. Railan não aceitava o fim do namoro e esse teria sido o motivo do feminicídio.

No momento do ataque criminoso, Maria Arlete estava em um bar, acompanhada de amigos, quando o assassino chegou, efetuou três disparos de arma de fogo e fugiu em seguida.

Toda ação criminosa foi registrada por câmeras de videomonitoramento do bar. Até o momento, ele não foi preso.

Arlete era professora da rede municipal de ensino. Ela não resistiu aos graves ferimentos e morreu ainda no local. Ela deixa um filho de um ano e oito meses.

Qualquer informação sobre Railan pode ser passada a PM pelo 190.

4 comentários:

  1. Muitas armas em circulação. Destruição já.

    ResponderExcluir
  2. Enquanto lula ostenta em viagens a população fica a mercê da violência

    ResponderExcluir
  3. Lul lá até 2030. Vamos aprovar um terceiro mandato.

    ResponderExcluir
  4. Os poucos que contribuíram com esse governo vão passar necessidade coisas que ninguém sabia o que era nos últimos 4 anos com o Capitão era tudo uma maravilha o país não tinha vez pra vagabundo e a criminalidade era tratada no solado do pé e fora o bolsa família ninguém foi cortado no governo do melhor presidente do Brasil hoje filas quilométricas nas caixas e muitos que fizeram o L estão lá e vão sentir na pele ainda mais sofrimento

    ResponderExcluir