Rádio Voz do Maranhão

sexta-feira, 20 de outubro de 2023

Fazendeiro que participou do assassinato de advogado é preso em Barra do Corda; armas são apreendidas

 

Um homem, de identidade não revelada, de 61 anos, foi preso, nessa quinta-feira (19), suspeito de participar do crime de homicídio qualificado praticado contra o advogado Ricardo da Luz Oliveira. O crime ocorreu na noite do dia 18 de dezembro de 2022, às margens da BR-226, no Povoado Alto Brasil, na região do município de Grajaú.

O mandado de prisão temporária contra o fazendeiro foi cumprido por policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção à pessoa (SHPP).

As investigações apontaram que o preso, após o crime, teria realizado o resgate do assassino e o levado para uma fazenda de sua propriedade, na reserva indígena Cana Brava. 

De acordo com as informações policiais, a dupla, temida na região, é conhecida na localidade por andarem sempre portando armas de fogo.

O advogado Ricardo Oliveira foi assassinado dentro de sua caminhonete

Nesta quinta, durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, o suspeito foi pego de posse de uma espingarda calibre .20, o que também resultou em sua prisão em flagrante, sendo levado para a Delegacia Regional de Barra do Corda.

Em um segundo endereço, pertencente a um outro suspeito, os policiais localizaram duas armas de fogo, duas espingardas calibres .28 e .12, abandonadas pelo investigado, ainda não localizado.

A ação policial, realizada em endereços às margens da BR-226, em uma área rural de difícil acesso, contou com apoio do Grupo de Pronto Emprego (GPE) da Delegacia Regional de Presidente Dutra, do Centro Tático Aéreo (CTA) e da Polícia Rodoviária Federal.

Após as providências legais, o preso foi encaminhado para a Unidade Prisional de Grajaú. As investigações, seguem sob o comando do delegado Ivônio Ribeiro, no intuito elucidar por completo o crime e prender todos os envolvidos.

.....................

Postagem relacionada:

Advogado é assassinado dentro de caminhonete na BR-226 em Grajaú

Nenhum comentário:

Postar um comentário