Rádio Voz do Maranhão

quinta-feira, 28 de dezembro de 2023

Homem que assassinou a companheira a golpes de facão morre após cirurgia no Socorrão 1, em São Luís

O homem que matou a companheira, Adriana Sousa Silva, de 41 anos, morreu na noite dessa quarta-feira, 27, após não resistir aos procedimentos cirúrgicos no Hospital Djalma Marques, o Socorrão 1, na região central de São Luís.

Claudson da Cruz Silva, de 40 anos, cometeu o crime no apartamento do casal no Residencial Piancó III, no bairro Vila Embratel, na área Itaqui-Bacanga.

Adriana Silva foi assassinada a golpes de facão na presença das duas filhas do casal.

Ao receber voz de prisão, ainda no local do crime, o assassino reagiu e tentou atingir os policiais a facãozadas, mas houve reação e ele foi alvejado por três tiros. Um dos disparos o atingiu na região abdominal.

Ele foi socorrido e levado em estado grave para a unidade o Socrrão 1, onde passou por cirurgia. Claudson não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu na noite dessa quarta-feira, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

............................

Postagem relacionada:

Mulher é morta pelo companheiro com golpes de facão na frente das duas filhas na Vila Embratel, em São Luís

2 comentários:

  1. Muito triste ver as famílias se destruindo, meus sentimentos as famílias enlutadas.😞

    ResponderExcluir
  2. Celular é muito bom, é ótimo. Assim como dinheiro. Porém traz seus problemas também.

    ResponderExcluir