Rádio Voz do Maranhão

quarta-feira, 20 de dezembro de 2023

Tio que matou sobrinho no Tocantins é preso no Maranhão

Um homem de iniciais F.M.C, de 53 anos, foi preso, nessa terça-feira (19), no provado Ponto da Nega, na cidade de Grajaú, a 566 km de São Luís, durante uma operação desencadeada pelas Polícias Civis do Tocantins e Maranhão. Ele é apontado como o principal suspeito de ter assassinado, em 2011, na cidade de Araguatins, no Tocantins, um sobrinho de 10 anos.

A prisão foi efetuada com base em mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Araguatins, após representação da Polícia Civil local. O delegado Teofábio destacou a colaboração entre as polícias dos estados envolvidos: “Após compartilhamento de informações com a Polícia Civil do estado vizinho, foi possível fazer a captura desse indivíduo, contando com apoio de policiais civis de Grajaú, Barra do Corda e Presidente Dutra.”

O crime e a prisão

Segundo as investigações, o crime ocorreu na noite de 17 de abril de 2011, quando o autor, acompanhado por familiares, passava em frente à residência da vítima, localizada no Projeto de Assentamento Califórnia. Em um momento específico, o suspeito agrediu violentamente uma sobrinha, arrastando-a para uma região de mato, desencadeando uma briga.

Ao ouvir os gritos de socorro da prima, Geremias dos Santos Alves, então com 10 anos, tentou intervir e defender a parente. Entretanto, o tio sacou uma faca e desferiu um golpe fatal no adolescente. Mesmo socorrido, Geremias não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Após o homicídio, F.M.C. fugiu para evitar a persecução penal e permaneceu foragido desde então.

 Após a prisão, o suspeito foi conduzido à Delegacia local. Após os procedimentos legais, ele foi recolhido à Cadeia Pública da cidade, aguardando decisão do Poder Judiciário de Araguatins, para onde deverá ser recambiado.

O delegado Teofábio enfatizou a importância da prisão, classificando-a como significativa devido à natureza do crime. “Trata-se de um homicídio cometido por motivo fútil e que dificultou a defesa da vítima. A prisão é uma resposta da Polícia Civil para a sociedade araguatinense e uma satisfação à família da vítima, que perdeu seu ente querido ao tentar defender sua prima.”

6 comentários:

  1. Com a recuperação de um vídeo compartilhado e apagado sobre fraude nas eleições dois dias depois do 8/1, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pode ser indiciado por apologia ao crime, conforme fontes da Procuradoria-Geral da República (PGR).
    O bicho vai pegar pra bandido.

    ResponderExcluir
  2. Décio alargador de anônimo21 de dezembro de 2023 às 07:19

    É verdade que o Brasil vai comprar energia da Venezuela através da empresa dos irmãos Batista com o valor 10x maior? Tudo feito as pressas com o aval de Lula? Lá vem cadeia novamentekkk...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. É mentira que é 10x.

      Excluir
    2. Decio alargador de anônimo21 de dezembro de 2023 às 18:26

      https://piaui.folha.uol.com.br/compra-de-energia-da-venezuela-passou-pelos-irmaos-batista-desde-o-inicio-roraima-lula/
      Ué!?

      Excluir
    3. Por que Bolsocaro não fez uma hidreletrica pra abastecer Roraima?

      Excluir
    4. Fake. é 6x com reajustes, desde 2019 não era reajustado.

      Excluir