Emap

Fiscalização Fotossensores

Fiscalização Fotossensores

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Abandonados por Roberto Rocha, funcionários da Rádio Capital sofrem com oito meses de salários em atraso

Roberto Rocha leva vida mansa às custas do sofrimento de seus funcionários
O senador Roberto Rocha está prestes a ganhar o troféu de pior administrador e empregador do ano por conta dos desmandos na Rádio Capital AM. Mais uma vez, o blog sai em defesa dos funcionários que estão sem receber salários há oito meses.

A denúncia está sendo feita por uma ouvinte de rádio que tomou conhecimento da situação nesta segunda-feira (5). “Meu amigo, a situação deles é desesperadora. São oito meses sem receber nada da Capital AM. Todos estão com contas atrasadas e dependendo da ajuda de amigos e familiares. Eles dizem que o senador praticamente abandonou a rádio e não quer nem saber da situação dos funcionários”, disse a ouvinte em contato com o blog.

Não é a primeira vez que o blog denuncia descaso no comando da Rádio Capital. Há pouco tempo, a emissora ficou vários meses fora do ar por causa de débitos com a Companhia Energética do Maranhão (Cemar). Depois da volta, Roberto Rocha decidiu entregar o comando para Marcos Soares, que seria seu genro, mas o descaso com os funcionários continua.

Os únicos com vínculos empregatícios são operadores de áudio e alguns administrativos. Apresentadores e repórteres não têm vínculo com a emissora, pois sempre trabalharam em regime de parceria (com divisão de faturamento) ou mesmo como arrendatários de horários, o que representa uma enorme economia para a rádio do senador.

Mesmo com um quadro de pessoal reduzido, Roberto Rocha não consegue honrar os compromissos trabalhistas. Além do atraso de salário, informações dão conta que a emissora também não costuma pagar férias, recolher FGTS e INSS, dentre outro encargos. Funcionários relatam que têm até cinco férias a receber. A situação, portanto, é muito complicada na emissora do senador que tenta passar uma imagem de bom gestor.

E o pior é que Roberto Rocha ainda sonha em ser governador do Maranhão. Quem vai entregar as chaves dos cofres do Estado a alguém que não tem competência de fazer a gestão de sua própria cozinha e seus negócios?

Resta-me, na condição de profissional da comunicação, manifestar minha solidariedade aos colegas radialistas da Rádio Capital AM, sugerindo que eles tenham coragem de formalizar denúncia coletiva na Justiça do Trabalho.

O senador poderia ser denunciado por manter funcionários em situação análoga à de escravos. Cadê o Ministério Público do Trabalho? Cadê a fiscalização do trabalho?

Em tempo: cadê o Sindicato dos Radialistas? Tem medo de enfrentar o senador?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...