IPTU

IPTU

quinta-feira, 22 de março de 2018

Deputados sarneyzistas votam contra projeto que expande regionais da Polícia Civil no Maranhão


No afã de atacar o governo de qualquer forma, os deputados ligados ao clã Sarney votaram contra o Projeto de Lei 365/2017, de autoria do Poder Executivo, que, entre outras atribuições, cria cinco regionais da Polícia Civil no estado do Maranhão.

Em acalorada discussão sobre o projeto, sarneyzistas tentaram tumultuar a votação por causa da formação do Conselho do Polícia Civil do Maranhão. Com o único objetivo de jogar para a torcida, os parlamentares defenderam a participação de entidades em um conselho que investigaria eles próprios, abrindo precedentes perigosos para o corporativismo exacerbado.

Sem ao menos debater os benefícios do projeto e apenas fazer o já conhecido proselitismo político, os sarneyzistas Andrea Murad, Sousa Neto, Wellington do Curso, Edilázio Júnior, Max Barros, César Pires (PEN), Nina Melo (MDB), Graça Paz (PSL) e Adriano Sarney (PV), e o comunista Raimundo Cutrim – ferrenho adversário do secretário de Segurança, Jefferson Portela – acabaram ignorando os avanços obtidos com a aprovação do projeto.

Para eles, o importante é fazer política e não levar benefícios para a população do Maranhão.

2 comentários:

  1. Simplesmente aumento de despesas públicas com o escopo de apadrinhamento político.Nesse caso, para que servem as Superintendências Regionais de Polícia. Governo comprometido com o compadrio é assim mesmo. Não estar nem aí para a população, que precisa de mais policiais nas ruas e não nos gabinetes.

    ResponderExcluir
  2. Deputados estaduais que não reza a cartilha do governador e sarneyzista? O Raimundo cutrim do mesmo partido do governador. O partido de Welligton do curso é da base do governo... E ele não é sarneyzista... Engraçado né quem não tá com o governo é sarneyzista...?

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...